COMPARTILHAR
Vinícius Silva - Campeão Last Chance Deepstack - BSOP Brasília
Vinícius Silva - Campeão Last Chance Deepstack - BSOP Brasília

Na comunidade brasileira de poker, existem várias pessoas que são queridas por todos. No entanto, é difícil conhecer alguém que recebe tanto carinho quando Beth Silva e seu filho, Vinicius, o “Vini”, que nasceu com paralisia cerebral. Andando pelos salões da série, eles sempre passam por intermináveis cumprimentos, e o carinho é recíproco. Constantemente com um sorriso no rosto, Beth e Vini são pessoas que emanam boas energias.

No ano passado, SuperPoker já contou um pouco da história de Vini, após o jogador conquistar o sétimo lugar em um evento da WSOP, mas esse novo capítulo é um dos mais felizes. Dizer tudo isso é necessário para explicar porque a vitória de Vini no Last Chance Deepstack do BSOP Brasília foi tão especial. O salão já estava quase vazio, mas ainda se ouvia em alto som uma torcida que vibrava com cada mão vencida pelo jogador. Um torneio que normalmente é encerrado sem grandes celebrações ficou parecendo a mesa final do Main Event.

Beth e Vini Silva - BSOP Brasília
Beth e Vini Silva – BSOP Brasília

Vini superou um grande field de 441 entradas e se sagrou o grande campeão, gerando uma comemoração barulhenta pelo salão e gritos de “é campeão!”. Pela vitória após superar Márcio Moraes no heads-up, ele faturou R$ 26.700, valor definido em acordo entre os dois finalistas. A maior conquista não foi o troféu, nem o dinheiro, mas sim o carinho de todos, que se refletiu em dezenas de abraços e vários choros emocionados.

Ainda com os olhos marejados pelo choro, Beth falou sobre a vitória do filho. “Você não tem ideia, além de torcer por ele sempre, o carinho que a gente recebe aqui é indescrítivel”, comemorou. “Só quem passa o que a gente passa aqui é que pode avaliar, é um carinho gigante, enorme, uma energia tão do bem. O Vini não tem torcida contra, é muito legal.”

Energia, carinho, torcida. A vitória do filho foi a vitória de Beth. “Esse carinho é meu troféu, exatamente isso”, disse. “Tudo que eu podia imaginar na minha vida não chega perto do que eu estou vivendo. O Vi jogando poker, chegando, lógico que ele quer a vitória como todo jogador, mas eu como mãe avalio a energia, a torcida, o carinho, porque isso não tem dinheiro, nem troféu, nem bracelete no mundo que pague.”

Pódio Last Chance Deepstack BSOP Brasília
Pódio Last Chance Deepstack BSOP Brasília

A vitória do jogador de Campinas (SP) foi mais um momento especial em um dia que já estava sendo emocionante, com a participação de João Paulo Trindade, portador de ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica), no mesmo torneio de Vini. A presença de João Paulo também emocionou Beth. “Esse cara é um heroi e os amigos dele são fenomenais. Porque as pessoas se colocarem à disposição de uma logística dessa, muito difícil, complicada, e se dispor a fazer isso pelo outro, isso é o melhor do poker.”

O último dia do BSOP Brasília foi cheio de campeões, mas a maior vitória foi a da inclusão.

Confira a classificação final

1 – Vinícius Silva – R$ 26.700
2 – Márcio Moraes – R$ 19.880
3 – Pedro Roma Neto – R$ 12.930
4 – Dyogo Dantas – R$ 10.270
5 – Pedro Todorovic – R$ 8.050
6 – Fred Volpe – R$ 6.310
7 – Leandro Rego – R$ 4.740
8 – Ananias de Lima Neto – R$ 3.370

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.