COMPARTILHAR
Andrew Bogut (esq.) tem boa relação e admiração por Phil Hellmuth (Foto: Kyle Terada/USA Today)
Andrew Bogut (esq.) tem boa relação e admiração por Phil Hellmuth (Foto: Kyle Terada/USA Today)

O australiano Andrew Bogut era o pivô do Golden State Warriors na temporada 2014/2015 da NBA (Liga Americana de Basquetebol), quando o time californiano se sagrou campeão do melhor basquete do mundo. Agora, ele já está aposentado, mas uma paixão da época de atleta continua fazendo parte da vida dele até hoje: o poker.

VEJA MAIS: Blefe insano após 5bet com 83s: Hellmuth choca em jogada corajosa

E uma das grandes amizades de Bogut nas mesas é com Phil Hellmuth, maior campeão da história da WSOP. Em entrevista ao site CardPlayer Lifestyle, o australiano confessou que conheceu o craque nos jogos e tem uma boa relação com ele. “Eu jogo com ele até hoje”, disse Bogut. “Ele está em alguns cash games que eu participo, são mesas bem complicadas”, completou.

Hellmuth admira o talento de Bogut no esporte da mente. Também por isso, o australiano passou a ter um tratamento diferente nos jogos. “Geralmente, quando atletas vão ao cassino, todos encaram como um jogador fraco, que está lá só para curtir”, falou Bogut. Mas após receber elogios do “Poker Brat”, o ex-pivô brincou. “Eu dei risada e falei para ele ‘não exponha meu trabalho assim, Phil. Diga que eu sou terrível, apenas um atleta estúpido que não sabe foldar'”, contou.

Andrew Bogut e a taça de campeão da NBA
Andrew Bogut e a taça de campeão da NBA

Quando questionado sobre qual foi o jogador mais difícil que enfrentou, Bogut não pôde citar outro nome a não ser Phil Hellmuth. Ele falou sobre a habilidade do veterano para se adaptar entre torneios e cash games, e o comparou a grandes figuras da história do esporte. “É mais ou menos como jogar contra o Michael Jordan no basquete, ou contra o Tiger Woods no golfe. Tem muitos caras que eu jogo contra e são muito bons, mas Phil é o mais dominante”, declarou o australiano.

VEJA MAIS: Superado por Yuri Martins, Brunno Botteon parabeniza novo recordista: “Uma honra”

O interesse de Andrew Bogut pelo poker nasceu enquanto fez parte do elenco do Warriors, junto com grandes feras das quadras, como Stephen Curry e Klay Thompson. O jogo era o passatempo do time durante as longas viagens de avião e concentrações. Segundo Bogut, o poker foi um fator importante para o bom relacionamento da equipe. “O jogo nos força a conversar enquanto estamos viajando. A maioria dos outros times que eu fiz parte não jogam nada, todos têm um laptop ou um tablet e ficam com seus fones de ouvido, então não há muita interação”, revelou ele. “Entre uma mão e outra, a gente brincava, tirava sarro um do outro… eu acho que isso é positivo”.

Curry, Thompson, Bogut e várias outras estrelas da história do basquete são declaradamente fãs de poker. A lista vai desde Michael Jordan e Charles Barkley, até jogadores que não tiveram tanto destaque nas quadras, mas têm sucesso nas fichas, como David Lee, ex-companheiro de Bogut e cia. no Warriors. E um deles ficou furioso quando o novato do time esqueceu as fichas durante uma viagem, dando uma bronca que o jovem jamais esquecerá.

Confira o último episódio do Pokercast:

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

    Você concorda com os termos de uso do SuperPoker, que utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e armazena os seus dados acima solicitados sem finalidade comercial apenas para comunicação direta com você e acesso aos serviços do SuperPoker. Você pode solicitar a remoção dos seus dados pessoais do SuperPoker a qualquer momento.