COMPARTILHAR
Daniel Cates e Tom Dwan
Daniel Cates e Tom Dwan se enfrentaram em um duelo polêmico

Enquanto o confronto entre um bilionário e craques do poker se destacou na categoria duelos heads-up da história do poker, outro desafio envolvendo nomes de peso é tema de discussão há mais de uma década. É o “Durrrr Challenge”, que colocou frente a frente Tom Dwan e Daniel Cates.

Em 2010, no auge da carreira e enfrentando todos nos nosebleeds online, “durrrr” abriu um desafio oferecendo odds generosasm, e “Jungleman” aceitou. Seriam jogadads 50.000 mãos de No Limit Hold’em em mesas de US$ 200/US$ 400, com no mínimo quatro mesas simultâneas. Ao fim, se Cates estivesse atrás teria que pagar mais US$ 500 mil, enquanto para Dwan a pena para a derrota seria US$ 1,5 milhão.

VEJA MAIS: Yuri Martins está na mesa final do Super MILLION$ no Natural8

Após 19.335 mãos disputas, “Jungleman” assumiu uma liderança de US$ 1.251.059 e, apesar de a disputa ainda estar aberta, Dwan tinha um trabalho duro pela frente. Em 15 de abril de 2011, aconteceu a Black Friday, e o poker online, assim como o desafio, sofreram um baque. Bankrolls foram congelados, e a disputa começou a ser adiada diversas vezes.

Foram anos de discussões, incluindo acusações a Dwan, que a esse ponto não parecia ter mais muito interesse de concluir o desafio e possivelmente ter que desembolsar uma soma milionária. Em 2017, Cates deu uma entrevista a Doug Polk, que chamava a situação de “maior golpe da história do poker” e comentou sobre o imbróglio.

VEJA MAIS: “A Corporação” x Andy Beal: o heads-up mais épico da história do poker

“A primeira coisa que eu gostaria de dizer é que ele sente que as pessoas estão sendo injustas com ele, porque ele tem me pagado multas a cada dois meses”, contou Cates na época. “Ele gostaria que eu destacasse que ele me pagou entre US$ 700 mil e US$ 800 mil em multas desde 2010, o que é uma grande soma. Estamos tentando resolver a situação”.

Nessa mais de uma década na qual a situação se estende, também diversas vezes surgiram boatos sobre uma possível retomada do desafio, mas nada se concretizou. Dwan, que por alguns ficou sumido do cenário internacional, retornou para os holofotes e sequer toca mais no assunto, enquanto Cates também não parece ver a questão como prioridade.

VEJA MAIS: Sócio de Doug Polk faz “homenagem” a Negreanu em nova Lamborghini; entenda

Vale citar que nem tudo foi fracasso no desafio. Em outro duelo, contra Patrik Antonius, Dwan conquistou mais de US$ 2 milhões de lucro em quase 40.000 mãos. Os jogadores fizeram um acordo, e o finlandês desistiu antes do fim da disputa. Outra curiosidade é que, quando divulgou o desafio, “durrrr” especificou que era aberto a qualquer um, menos a Phil Galfond, que na época dominava as mesas de PLO high stakes.

Confira o último episódio do Pokercast:

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

    Você concorda com os termos de uso do SuperPoker, que utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e armazena os seus dados acima solicitados sem finalidade comercial apenas para comunicação direta com você e acesso aos serviços do SuperPoker. Você pode solicitar a remoção dos seus dados pessoais do SuperPoker a qualquer momento.