COMPARTILHAR
Bilionário é o maior perdedor dos high stakes online
Bilionário é o maior perdedor dos high stakes online

Quando o assunto é perder dinheiro no poker online, um bilionário deixa todos para trás. Se entre os profissionais a maior perda é de Gus Hansen, que já deixou mais de US$ 20 milhões nos feltros virtuais, há um recreativo que já perdeu muito mais do que o dinamarquês.

VEJA MAIS: Streamer tem AA quebrado e cai de forma cruel do Main Event da Bounty Builder Series; assista

O jogador em questão é Guy Laliberte, o criador do Cirque du Soleil e da fundação One Drop, que tem uma fortuna avaliada em US$ 2,14 bilhões, segundo a revista Forbes. De acordo com o HighStakesDB, site que registra o desempenho de jogadores nos limites mais caros, o canadense já perdeu mais de US$ 31 milhões no online.

Guy Laliberte
Guy Laliberte

Esse número não é tão conhecido porque as perdas de Laliberte estão divididas entre seis contas atribuídas a ele, no período entre 2006 e 2012. Apenas na conta “noataima”, são US$ 7 milhões de prejuízo nas mesas de NLH e PLO, em mesas de limites como $200/$400 e $300/$600.

Gráfico da conta "noataima"
Gráfico da conta “noataima”

Laliberte teve também prejuízo de sete dígitos nas contas “patatino”, “lady marmelade”, “elmariachimacho”, “Esvedra” e “Zypherin”, também atribuídas a ele pelo HighStakesDB. Através da One Drop, o canadense também faz parte da organização de alguns dos torneios mais caros do mundo.

Na WSOP, por exemplo, os eventos Big One for One Drop e Little One for One Drop já contaram com diversas edição, tendo buy-ins de US$ 1 milhão e US$ 111.111, respectivamente. Uma parcela das entradas é sempre revertida para a instituição beneficente, que busca prover água potável e melhores condições sanitárias a pessoas em situações precárias.

Durante episódio do High Stakes Poker, o bilionário também foi responsável por “impedir” um dos maiores potes da história. Após ir all in contra David Benyamine com 65% de equidade, o canadense simplesmente permitiu que o profissional voltasse atrás em sua ação, perdendo apenas o dinheiro que já estava no pote pré-flop.

Nas mesas, Laliberte também fez “caridade”. Os mais de US$ 31 milhões perdidos ajudaram a manter vivos os jogos caros da época, com boa parte desse valor indo parar nas mãos de nomes como Phil Ivey, Tom Dwan, Phil Galfond, entre outros craques.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.