COMPARTILHAR

No dia 16 de setembro, a partir das 15h (horário de Brasília), a SECAP (Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria) realizará um webinar com o tema “e-Sports & Jogos de Habilidades Mentais”. No encontro online, Gustavo Guimarães, Chefe da pasta desta Secretaria, receberá Igor “Federal” Trafane, presidente da Confederação Pan-Americana de Poker e um dos principais responsáveis pelo reconhecimento do Poker como um jogo de habilidade, e Leo De Biase, diretor da BBL e-Sports e representante de um dos segmentos que mais crescem no país e no mundo.

Os jogos de habilidade mental estão à frente de uma valiosa oportunidade de avanço regulatório no Brasil. E agora é chegada a hora de o poker, junto de outros esportes onde o raciocínio lógico prevalece como característica principal, mostrarem a sua força como atividade econômica capaz de movimentar investimentos, receitas, impostos e empregos extremamente relevantes no Brasil.

A SECAP é órgão responsável por avalições de políticas públicas, planejamento governamental e execução da regulamentação de Jogos no país, e demonstra interesse em discutir a regulamentação desta categoria neste momento.

Esta regulamentação, se obtida, trará Segurança Jurídica para uma categoria que há muito tempo clama por um regramento claro e definitivo para sua operação. Isso, por sua vez, trará: maior incentivo ao investimento, geração de novos empreendimentos, manutenção de milhares de empregos já existentes, criação de milhares de outros postos, aclaramento sobre o recolhimento de impostos, geração de novas divisas, reconhecimento definitivo para os jogadores profissionais, consolidação dos campeonatos e competições destas categorias.

O longo prazo chegou para o poker brasileiro graças, em muito, ao engajamento e obstinação de jogadores, trabalhadores, empreendedores e representantes desta atividade. Hoje, o poker brasileiro vive um dos momentos mais incríveis da sua história. São diversos jogadores nas primeiras colocações do ranking mundial online nos últimos meses, além de explosão de títulos e faturamento dos players do Brasil e um mercado de poker ao vivo entre os três maiores do mundo. Esses feitos só poderiam ser conquistados tendo o público segurança e tranquilidade para jogar, cenários galgados por Federal ao longo dos anos à frente da Confederação Brasileira e do fortalecimento da indústria nacional

Quanto aos eSports, o Brasil já se consolidou como o terceiro país do mundo na categoria, atrás apenas de China e Estados Unidos, com as principais modalidades lançando campeões. Atualmente, tem mais de 215 milhões de fãs no mundo, sendo 10% apenas no Brasil. Mais do que esporte eletrônico, a atividade é um negócio lucrativo, com faturamento global superior a US$ 1 bilhão.

Todas essas questões serão discutidas no webinar da SECAP, que já disponibilizou inclusive um formulário para perguntas prévias que embasarão os debates, além daquelas a serem feitas diretamente pelo chat do YouTube durante a realização do painel.
A comunidade está sendo chamada para prestigiar o seminário online e postar os links nas suas redes sociais com as hashtags #jogosdehabilidade #regulaSECAP.