COMPARTILHAR
União Europeia

Nos últimos anos, o poker online sofreu com várias notícias ruins. A pior delas, com certeza, a Black Friday, acontecida em abril de 2011, que retirou os jogadores americanos dos fields dos sites. Nos anos que se seguiram, jogadores de vários países também sofreram com baques.

Em países como Espanha, França, Portugal e Itália, os jogadores foram retirados dos fields mundiais e passaram a jogar apenas entre os usuários de seus próprios países. A segregação resultou em uma diminuição na oferta de jogos, assim como menores premiações garantidas.

Mais recentemente, os ares da proibição chegaram também na Austrália, onde a aprovação de uma nova lei praticamente eliminou a possibilidade de ser um profissional de poker no país. O brasileiro Yuri Martins, que tinha se mudado para a terra dos cangurus, se viu obrigado a fazer a viagem de volta para poder seguir trabalhando.

Yuri Martins - Evento #57 - WSOP 2017
Yuri Martins – Evento #57 – WSOP 2017

Hoje, finalmente, uma boa notícia! Um acordo entre os reguladores de Espanha, França, Portugal e Itália pretende criar uma união entre os mercados, que permitiria aos jogadores dos quatro países fazerem parte de um mesmo field. O acordo deve ser assinado em 6 de julho, e, a partir daí, ainda levará algum tempo para que se resolvam todas as pendências, como explicado em uma declaração dos reguladores.

“Esse acordo definirá a base para o cooperação entre as autoridades que o assinaram e será seguido pelos próximos passos necessários a serem tomados em cada jurisdição envolvida para efetivamente permitir a junção nas mesas de poker”. Ou seja, ainda é cedo para comemorar, mas considerando todas as derrota sofridas pelo poker online nos últimos anos, a notícia surge como uma nova esperança.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.