COMPARTILHAR
Matheus Abrantes e Alexandre Souza conquistaram a tríplice coroa online
Matheus Abrantes e Alexandre Souza conquistaram a tríplice coroa online

Nesta semana, o PocketFives revelou mais dois ganhadores da tríplice coroa online, uma das principais honrarias dos feltros virtuais, e ambos são brasileiros. Os donos do feito foram Matheus Abrantes, que conquistou pela segunda vez o feito, e Alexandre Souza, alcançando a primeira.

Com mais duas tríplices coroas, o Brasil alcança a imponente marca de 21 conquistadas em 2021. A performance só fica atrás do ano passado, que em doze meses faturou 25 honrarias.

VEJA MAIS: Rafael Moraes desconfia, mas paga com JJ contra Renan Bruschi; o que você faria?

Matheus foi o primeiro a ter a honraria confirmada e precisou de apenas três dias para conquistar três títulos. Na última sexta-feira (25), o profissional venceu o Bounty Hunters Daily Main no Natural8 e também não deu chances para a concorrência no The Gladiator do partypoker.

Após um sábado sem títulos, o jogador voltou a vencer no domingo. Desta vez, o triunfo veio no Bigger US$ 44 do PokerStars. Além da segunda tríplice coroa na carreira, o profissional acumulou mais de US$ 12 mil.

VEJA MAIS: Só isso? Bottom pair rende pote de US$ 326 mil no PLO high stakes

Já Alexandre, teve a sua honraria confirmada ontem, porém a jornada começou no dia 13 de junho com a vitória no Bounty King Jr no Natural8. No dia 19, vieram as duas vitórias que o profissional precisava para conquistar a tríplice coroa, no PokerStars o triunfo veio no Mini Saturday KO e no partypoker foi no The Gladiator. O jogador embolsou mais de US$ 10 mil com as cravadas.

A tríplice coroa online é uma honraria dada pelo site PocketFives a competidores que cravam três torneios em três salas diferentes dentro de um período de sete dias. As disputas devem ter um field mínimo de 100 inscrições, um prize pool de pelo menos US$ 10 mil, e um buy-in maior que US$ 0,01. A iniciativa não considera satélites. Depois da verificação dos dados pelo organizador, o título é publicado.

Confira todas as tríplices coroas brasileiras da história:

2021:

– Leocir Carneiro (três vezes)
– Carlos Henrique (duas vezes)
– Thiago Grigoletti (duas vezes)
– Leonardo Duarte
– Matheus Castro
– Ricardo Nascimento
– Murilo Fidelis
– Paulo Silva
– Caíque Carneiro
– Rafael Monteiro
– Pedro Padilha
– Guilherme Noronha
– Marcos Chaiben
– Arlem Lisboa
– Marcelo Giordano
– Matheus Abrantes
– Alexandre Souza

2020:

– Rodrigo Valente (três vezes)
– Thiago Grigoletti (três vezes)
– Vinícius Miranda (duas vezes)
– Gabriel Moura
– Geraldo César
– Daniel Araújo
– Leocir Carneiro
– Felipe Mongregon
– Renan Aziz
– Roberto Firmino
– Rafael Camargo
– Ramon Kropmanns
– Matheus Abrantes
– Flávio Lima
– Caio Mayrinck
– Felipe Badotti
– Alexandre Ragazzi
– Lucas Mantovan
– Marcelo Giordano
– Felipe Degani

2019:

– Renan “aziz.mancha” Aziz (três vezes)
– Alexandre “Cavalito” Mantovani (duas vezes)
– Saymon “$aymon9” Dias (duas vezes)
– Leocir “leocir25” Carneiro (duas vezes)
– Guilherme “gui.hrimbano” Rimbano
– Thiago “tgrigoletti” Grigoletti
– Guilherme “aaurelio” Moura
– Geraldo “geraldocesar” Cesar
– Leonardo “LeoMattosAk” Mattos
– Luan “Relthor1301” Ferreira
– Rodrigo “selouan1991” Selouan

2018:

– Ariel “ArielBahia” Bahia
– Leonardo “LeoMattosAK” Mattos
– Vinicius “vinifenomeno” Teles
– Luiz “AcePheres” Feres
– Rumulo “Primao89” Araújo
– Guilherme “Gordpoker1” Oliveira
– Rafael “LiroLa” Monteiro
– Pedro “pvigar” Garagnani
– Guilherme “pelckito” Franco
– Ailyran “Arlem9-” de Souza
– Geraldo “GeraldoCesar” César
– Cleison “BigPex” Pereira
– Breno “Breno2728” Drumond
– Thiago “tgrigoletti” Grigoletti
– Ivanildo “Ivan limeira” Limeira
– Leocir “LeoJose” Carneiro

2017:

– Carlos “boladegude” Galvão
– Durair “Duraircwb” Neto
– Pedro “FlipMaster08” Paulo
– Ricardo “Ricardons8” Nascimento
– Leocir “LeoJose” Carneiro
– Rafael “rafitia” Freitas
– Guilherme “VinceVegaMFR” Cheveau

2016:

– Alessandro “ale kmkz” Piekazewicz

2015:

– João “joaomathias” Mathias Baumgarten (duas vezes)
– Alisson “heyalisson” Piekazewicz
– Rafael “rwprado” Watanabe
– Pedro “pvigar” Garagnani

2014:

– Conrado “conradofpg” Galdino

2013:

– Douglas “Dowgh-Santos” Ferreira Souza
– Norson “BrazilianEye” Saho

2011:

– Rafael “LiroLa” Monteiro
– Rafael “GM_Valter” Moraes
– João “joaomathias” Mathias Baumgarten

2010:

– Norson “BrazilianEye” Saho
– João “joaomathias” Mathias Baumgarten (duas vezes)

2009:

– Norson “BrazilianEye” Saho
– Thiago “TheDecano” Decano (duas vezes)
– Marcos “sketch1967” Sketch

2008:

– Leandro “brasapoker” Brasa

Confira o último episódio do Pokercast: