COMPARTILHAR
Brunno Botteon falou sobre o momento de Yuri Martins
Brunno Botteon falou sobre o momento de Yuri Martins

Em fevereiro, Brunno Botteon desbancou o recorde de Caio Pessagno de maior hegemonia de um brasileiro no topo do ranking online, a marca da lenda durou quase oito anos. Entretanto, ontem, (23), quatro meses depois, Yuri Martins alcançou 13 semanas como número 1 do mundo e estabeleceu um novo recorde.

Porém, o craque superado está longe de estar desapontado com o recorde do compatriota. “Eu acho muito legal”, comentou. “Não penso nesta questão de marca superada, mas acho legal as pessoas comentarem isso, tem a questão do esporte de saber do ranking, semelhante ao tênis ou outras modalidades”.

VEJA MAIS: Rei do HU: Hellmuth supera Negreanu pela terceira vez e leva US$ 350 mil

O profissional não poupo elogios para Yuri. “O momento dele é mágico. Além de ser um dos melhores jogadores do mundo, um dos mais completos, inteligentes e criativos que tem. Provavelmente runnando muito bem, assim como eu e vários outros caras muito bons tiveram esses períodos, pois é uma combinação de runnada e trabalho bem feito”.

Yuri Martins alcançou 13 semanas no topo, superando Brunno Botteon
Yuri Martins alcançou 13 semanas no topo, superando Brunno Botteon

O craque também fez uma revelação. “Provavelmente, é um dos caras que eu mais admiro. Ele está aproveitando o momento dele com muita maestria, muita sabedoria. O Yuri está conseguindo espremer toda a laranja (risos)”.

Botteon também comentou como são os embates na mesa com o novo recordista. “É sempre muito difícil, um desafio. É um cara muito bom, que você tem que estar preparado tecnicamente para enfrentar”.

Questionado se almeja voltar a brigar por esse recorde, o craque expôs seu pensamento. “Eu penso zero em ranking, não ligo para ele, mas teve momento que eu liguei, quando estava lá. Não busquei isso, os resultados que aconteceram me colocaram lá, foi meio sem querer, obviamente eu sabia que era o primeiro e fiz por onde para continuar, mas nada de me matar por isso”.

VEJA MAIS: Conheça Casey Kastle, o maior “andarilho” da história do poker mundial

O jogador completou o pensamento sobre o ranking comparando com algo que Yuri já expressou. “É basicamente fazer o seu trabalho, tentando ser melhor a cada dia e consequentemente isso pode deixá-lo lá”. Entretanto, não descartou. “Isso não quer dizer que um dia eu não possa estar lá, pode ser que aconteça. Gosto de pensar alto às vezes, de querer jogar buy-in caro e me desafiar, consequentemente, pode ser que se repita”.

Em 2021, o principal ranking do poker online teve apenas três líderes, sendo dois brasileiros, os dois craques mencionados. O profissional destacou a qualidade dos compatriotas. “O Brasil é uma das maiores potencias do poker, sem dúvidas. São muito mais respeitados, estamos muito mais atualizados, as informações estão mais fáceis e tem muitos caras respeitados no cenário mundial”.

Brunno Botteon encerrou deixando um recado para o bicampeão mundial. “O novo dono do posto é o melhor cara possível para isso, é uma honra ele ter me passado. Mérito total dele e espero que ele consiga muito mais, dobre, triplique, para que nunca seja batido. Sou fã dele”.

Confira o último episódio do Pokercast:

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

    Você concorda com os termos de uso do SuperPoker, que utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e armazena os seus dados acima solicitados sem finalidade comercial apenas para comunicação direta com você e acesso aos serviços do SuperPoker. Você pode solicitar a remoção dos seus dados pessoais do SuperPoker a qualquer momento.