COMPARTILHAR
Eduardo Lobo
Eduardo Lobo

No último final de semana (26), o pernambucano Eduardo Lobo viveu um momento mágico em sua carreira. O jogador, que já tem um título de um torneio paralelo do Campeonato Brasileiro de Poker, disputou pela primeira vez um dos torneios mais técnicos do poker online, o WPT Big Game no partypoker.

Diferente da maioria dos jogadores, que investiram o elevado buy-in de US$ 5.200, o profissional, que possui buy-in médio de apenas US$ 2,93, conseguiu a vaga por apenas US$ 5,50. O lugar no evento foi conquistado no sábado e a noite parecia interminável, como contou ao partypoker Blog. “Não tinha como dormir. No máximo era um cochilo de meia hora. Não tem como descrever a oportunidade de jogar o torneio com os melhores do Brasil e do mundo”.

VEJA MAIS: Timo Kamphues é campeão do WPT Shooting Stars for Charity no partypoker

A adrenalina para disputar o torneio tinha vários motivos, além de enfrentar os melhores jogadores do mundo era o mais caro que o torcedor do Náutico já havia enfrentado. “Eu olhava o lobby e não acreditava, o único ‘trouxa’ era eu. Tinha cara que cravou WSOP (World Series Of Poker), jogadores acostumados a torneios de US$ 25.000 e US$ 100.000, surreal”, revelou.

O caminho até o torneio também não foi nada fácil. Após passar pelo classificatório de US$ 5,50, o jogador enfrentou o de US$ 55 e precisou desbancar um qualificado field no US$ 530. “No satélite de US$ 530, travei uma briga de blinds com Alex Foxen, um dos melhores do mundo atualmente. Foi um bom aperitivo para o que estava por vir”.

Chegando ao grande momento, às 13h (horário de Brasília), do último domingo, o jogador estava em seu computador, pronto para disputar o torneio. “Antes de começar a gente imagina tudo de bom né? Sensação única, cada c-bet que passava e eu recolhia as fichas o coração batia mais que tudo. A primeira dobra foi sensacional, bate aquela euforia e emoção. Não tem como”, relembrou o jogador.

Nas mesas, enfrentou craques como Bruno Volkmann, Pedro Garagnani, Stephen Chidwick e Niklas Astedt. Eduardo contou os aprendizados com o torneio. “Apesar de não ter jogado por tantas horas, deu para aprender as linhas que eles utilizam de overbet turn, bastante check-raise flop e extração de valor”, contou o jogador que continuou. “Teve uma dobra do Volkmann em que ele shova no river, o vilão paga e ele dobra. Bruno tinha sequência, em um board com flush. Ele quase overbeta all-in, mas era bom. Eu nunca teria agido daquela maneira”.

Clique aqui para conhecer o SuperPoker Team Pro

Eduardo não chegou a ficar ITM, caiu na 75ª colocação e o torneio premiou os 24 melhores. Uma das mãos cruciais, que colocou ponto final na sua trajetória, foi contra Garagnani. O pernambucano perdeu um coin flip com AK contra 99. O adversário acertou uma trinca logo no flop, dobrando as fichas e o deixando short.

O seu algoz no torneio foi um dos melhores do poker mundial na atualidade, Niklas Astedt. Em um blind war, o sueco foi all in com o brasileiro dando insta call. “Na mão final, estou no big blind, com A2o e o lena900, no small. Já tinha colocado na cabeça que, se ele shovasse, eu pagaria, por estar muito à frente do range de shove dele”, revelou. “Pro meu azar achei ele com AK. Fim de sonho”.

“Não tem como não sentir, por tudo que passei até chegar aquele momento, você fica uns cinco minutos lamentando por ter caído do torneio”, afirmou o jogador. “Vários amigos me mandaram mensagem. E isso me acalmou um pouco. Diziam que havia feito história; que vários profissionais que vivem do jogo nunca jogam esse torneio”.

Se a premiação não veio, pelo menos ficou a grande experiência de enfrentar os melhores do mundo. Você também pode repetir o feito de Eduardo, disputando os satélites do partypoker para os eventos do WPT. Os satélites começam em US$ 5,50.

Para consultas e atendimento personalizado em seu idioma, contate [email protected] ou fale com o nosso Call Center no Whatsapp no seguinte telefone: +55 22 99226-5006 de 10h às 22h (horário de Brasília).

Ainda não tem conta no partypoker? Crie agora a partir deste link.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.