COMPARTILHAR
Caio Brás falou sobre sua história no futebol no Pokercast
Caio Brás falou sobre sua história no futebol no Pokercast

No episódio 191 do Pokercast, Caio Brás foi o convidado de Guilherme Kalil e Marcelo Lanza. Na conversa, o jogador falou sobre sua história no futebol, no início da vida adulta. Ele confessou que tinha condições de ir longe, mas o destino preferiu outro caminho.

VEJA MAIS: Rafael Mota comenta heads-up insano na WSOP e comemora: “Gratificante”

Brás contou que sempre se destacava nas peladas. “Sempre fui acima da média, o artilheiro do time da escola”, falou. “Eu sentia que eu tinha um dom”, completou o jogador. Ele ainda revelou que a rotina do time semi-profissional do qual fazia parte, junto com as dores que sentia no joelho, fizeram ele largar a ideia.

Quanto ao fato de ter condições de se tornar profissional, Brás revelou que tinha confiança. “É um meio muito concorrido, é muito difícil dizer se daria certo, mas eu acredito que sim (…) talvez se não tivessem acontecido esses problemas no joelho, eu acredito que teria chances”, disse.

VEJA MAIS: Luiz Sequeira encontra spot dos sonhos com quadra no Seniors do BSOP Millions

E na comparação talento versus dedicação, Brás deu sua opinião. “Eu acho que o talento é muito importante, mas como diz o Cristiano Ronaldo, a dedicação supera o talento (…) Para quem tem talento, as coisas acabam ficando mais fáceis, não só no futebol, mas até no poker mesmo, acho que a pessoa já nasce com uma pré-disposição para entender melhor o jogo”, completou.

Confira a pílula do Pokercast com Caio Brás: