COMPARTILHAR
Alex Bez - BSOP Floripa
Alex Bez - BSOP Floripa

Na última segunda-feira (29), Alexandre Bez, o “Alex Bez” do online, alcançou o principal resultado da carreira. O jogador superou o qualificado field do Main Event do BSOP Online, que contou com 2.092 entradas no PokerStars. Junto com a forra de US$ 55.941,68, após um acordo no heads-up, o jogador levou uma das joias mais cobiçadas do poker brasileiro, o bracelete de campeão do circuito.

O catarinense fez questão de exaltar que a conquista vai além do dinheiro e da pulseira. “O resultado representa o reconhecimento do esforço e empenho de uma carreira”, e continuou. “Jogo regularmente há oito anos e esse foi meu maior resultado, o famoso “big hit”, tão esperado e sendo do BSOP com bracelete é mais gratificante ainda”.

VEJA MAIS: SuperPoker terá transmissão ao vivo da reta final do Sunday Million nesta segunda

Alex também destacou os grandes nomes do circuito nacional que enfrentou na reta final. “Field bastante difícil, lembro de encontrar muitos regulares, principalmente brasileiros, na reta final como Diego Bittar ‘Mr.Bittar’, Fabio Maritan ‘F1oba’, João Mathias ‘joaoMathias’, Pablo Brito ‘pabritz’, Eduardo Silva ‘eduardo850’, Renan Bruschi ‘internett93o’, etc”.

Alex Bez - BSOP Floripa
Alex Bez – BSOP Floripa

Antes deste resultado no online, o campeão já havia dois resultados notórios no maior circuito de poker do hemisfério sul. Em 2018, o jogador fez mesa final do Main Event do BSOP Floripa, ficando na quinta colocação. No final do ano passado, Alex foi vice-campeão do Turbo Progressive KO do BSOP Millions.

VEJA MAIS: Rodrigo Seiji vai à mesa final do US$ 5.200 High Roller do PokerStars

Mesmo com o principal resultado da carreira ter vindo nos feltros virtuais, Alex não escondeu a preferência pelos eventos live. “O custo benefício do online é muito melhor, sem muitos gastos de viagem e perda de tempo com transporte, mas a adrenalina do live e interação com os outros players não tem comparação. Com certeza, prefiro live”.

O jogador encerrou falando sobre como está sendo a rotina de grind devido a pandemia. “O grind online só melhorou, os prizes aumentaram e estou jogando mais, pois não tem muito o que fazer fora de casa. Como eu já era regular de online não dificultou muito minha profissão. Única coisa que mudou pra mim foi o cancelamento dos eventos lives, principalmente o BSOP, que eu estava planejando ir”.

Abra sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.