COMPARTILHAR

No Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes de 2013, o Estado do Amazonas terminou o primeiro dia do torneio em segundo e mais tarde foi esmagado no Dia 2. Em 2014, foi ao contrário – depois de fechar o Dia 1 do Brasileirão com a corda no pescoço, o Amazonas conquistou o troféu do torneio 2014.

Com um time de peso do online, o Amazonas teve três campeões e um segundo colocado das oito mesas de 9-Handed do dia. Diferentemente do Dia 1, o último dia do Brasileirão foi jogado em apenas um formato.

O Estado havia começado o segundo dia em último colocado, mas acabou ganhando muito por conta da mentalidade, como disse o SuperNova do PokerStars Alessandro Rodrigues ("aledasofia").

– A gente viu que quase não passou do Dia 1. Olhamos e falamos: "olha, é ir lá pra ganhar. É ir lá pra ser campeão".

Dito e feito. Arlindo Neto ("netopopinho"), Jean Emerson ("ai garotinho"), Ângelo Neto ("gordinhoan"), Alessandro Rodrigues ("aledasofia"), Victor Hugo ("VHCA"), Gabrielle Costa e Jean Double aproveitaram o dia de pontuação dobrada e fecharam o dia com 105 pontos.

Distrito Federal, o vice, chegou a 93 pontos, seguido por Paraná (88), Goiás (81), Pará (73), Santa Catarina (69), Minas Gerais (64), Alagoas (62), Maranhão (58),  Rio Grande do Sul (55), Espírito Santo (43) e Rondônia (36).

No começo do dia, SC era líder disparado, com 61 pontos acumulados entre torneios de Omaha, Si-Max e headps-up. Atrás dele estava o Rio Grande do Sul e Goiás com 50 e 45 pontos, respectivamente.

No Ano passado, Rio de Janeiro foi o campeão. Neste ano, o Estado caiu no primeiro dia, com 28 pontos.

Assim como no ano passado, o Campeonato Brasileiro por Equipes não teve premiação monetária. Ele é puramente pela competição.

– O pessoal fala: "ah, mas não vale dinheiro, não vale dinheiro". Vale o orgulho, pô".