COMPARTILHAR
Andre Akkari - BSOP Millions - Crédito: Carlos Monti

O Dia 2 do Main Event EPT Monte Carlo está na reta final e o PokerStars Team Pro André Akkari puxou um pote fundamental na continuidade pela briga do título do torneio. A mão foi contada pelo brasileiro em suas redes sociais. Confira:

Nos blinds 1.000/2.500, com big blind ante de 2.500, o brasileiro com 160.000, no UTG, deu raise para 5.500 com AKo e levou call do chip leader da mesa, que estava com aproximadamente 400 mil. O flop foi 337 com duas de ouros e Akkari c-beta 7.000 e novamente o adversário paga.

O turn foi um T e ambos vão de check. O river é um 9, a terceira carta de ouros. O brasileiro opta novamente por outro check e o adversário faz uma overbet de 45.000. Após pensar muito Akkari deu call e o adversário mostrou AQ, fazendo com que o PokerStars Team Pro puxasse um pote com mais de 100.000 fichas.

VEJA MAIS: Arlie Shaban faz transmissão de 43 horas no Twitch e revela segredo para se manter acordado

Além de contar a mão, Akkari contou o motivo que o levou a dar o call:

“Achei que todos os pares ele consideraria betar no turn e o flush draw, que possui algum valor ou acertou algum par também podia não betar turn, mas consideraria. Ele também nunca me coloca em muito valor, como AA, KK e QQ. Acha que meu range é muito fraco para dar check turn e  pensa que eu não seguro um river, se ele betar uma porrada.

Acho que, por ele achar que meu range é muito fraco, as mãos de muito valor como 77 e o 3, tipo um A3, ou flush, não betariam tão alto. Resolvi dar call e era bom, ele apresentou AQo e puxamos um pote saudável na bolha. Estamos bem”.

Com o pote puxado, Akkari ultrapassou a marca dos 100 big blinds e segue firme em busca de mais um ITM e mais uma reta final no EPT Monte Carlo.

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.