COMPARTILHAR

Após ganhar o título de Campeão Brasileiro de Omaha, Rafael Caiaffa surpreendeu a todos com um anúncio: não será mais jogador profissional de poker. Alguns dias depois, o craque reapareceu nas mesas no Dia 1B do Main Event do 888live e sofreu com as falinhas de muitos que questionavam "que aposentadoria é essa?"

Ele aproveitou a oportunidade para esclarecer o abandono do poker profissional. "É até bom você me perguntar isso aí porque está todo mundo perguntando. Eu nunca falei que ia deixar de jogar poker, eu apenas deixei de ser profissional, virei um recreativo como a maioria".

O agora ex-profissional acrescentou ainda que continuará jogando os torneios que gosta, mas apenas no live. "Gosto de jogar e vou continuar a jogar, mas não vou mais depender disso para sobreviver. Antes eu jogava todo dia, agora online não jogo mais em hipótese alguma."

Caiaffa se mostrou bastante ativo na mesa, entrando em grande parte dos potes e confiando em sua maior experiência pós-flop. Em uma das mãos, por exemplo, ele aplicou o second barrel no board QK79 e deu showdown de 62 após o fold do oponente, mostrando um completo blefe.

A estratégia, no entanto, tinha uma justificativa nobre. "É aniversário da minha filha nesse final de semana. Então, como eu vou ficar sit out um tempo no Dia 2, preciso passar com um stack maior, por isso vou tentar fazer ficha ou reentrar várias vezes".

Perguntado sobre o que achou da estrutura montada no estádio, o mineiro não poupou palavras. "Sensacional, me surpreendeu. Eu imaginei que fosse ficar legal porque tanto o 888poker quanto o Sierra são organizações sérias, mas ficou muito bom, é difícil ver uma estrutura dessas no Brasil".

Se enganou quem pensou que não precisaria mais enfrentar a habilidade de Caiaffa nas mesas. Ele não estará em todo o circuito live como antes, mas continuará abrilhantando os feltros nacionais.

 

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.