COMPARTILHAR
Alen Filipe - NPS Recife

Na última temporada, Alen Fillipe fez uma etapa decisiva impecável, com direito a pódio no Main Event, e se sagrou o grande campeão do Nordeste Poker Series. Além do feito de ser o vencedor do maior circuito de poker da região, o alagoano ainda recebeu um Corolla 0 km.

VEJA MAIS: Após encontrar river milagroso na decisão, Cirilo Cordeiro é campeão do On Fire do NPS Natal

A vitória foi a confirmação de um objetivo traçado ainda na primeira etapa, depois que o alagoano foi o campeão do torneio On Fire. Para chegar ao feito, o jogador precisou fazer 22 ITM’s, com quinze mesas finais e três títulos.

Retornando para o salão do Nordeste Poker Series, Alen concedeu entrevista ao SuperPoker e falou da felicidade em alcançar a meta e também da repercussão que a vitória trouxe para o esporte em sua região. Além disso, o alagoano também citou a responsabilidade de representar bem o título e aproximar as pessoas do poker. Confira:

Como é retornar ao salão depois de se consagrar campeão Nordestino de Poker?

É uma sensação diferente. Estou bem feliz! Fico olhando para o telão, tem o Wilder Brito, o Bruno Aguiar e agora tem eu. Era o meu objetivo e ele foi alcançado. A partir de agora, ficamos mais tranquilo pra jogar os eventos e divertir com a galera.

Alen Fillipi é campeão do ranking do Nordeste Poker Series
Alen Fillipe é campeão do ranking do Nordeste Poker Series

Demorou para a fichar cair que você era o campeão e o objetivo tinha sido conquistado?

Na hora vem aquele choque, todo mundo mandando mensagem, aquela alegria toda. Depois, fui voltando ao normal e a felicidade era tremenda. A sensação é muito boa, marquei meu nome na história do circuito, agora é deixar o pessoal correr atrás.

Pretende disputar toda a temporada 2019? E um possível bicampeonato?

O foco deste ano não é ranking, mas com certeza irei jogar todas as etapas. O NPS é um torneio gostoso de jogar, o custo do buy-in, a premiação é boa e a estrutura também. Por isso, vou jogar todas as paradas sim, quem sabe se as coisas acontecerem a gente não corre atrás de ser o primeiro bicampeão.

Sendo o atual campeão, você enxerga uma responsabilidade com embaixador do esporte?

É engraçado, porque na minha cidade todo mundo vem falar comigo e o assunto é poker. ‘Ganhou o Corolla’ ou ‘É campeão Nordestino de Poker’ o papo é só esse. Acaba sendo gostoso porque divulga o esporte e acaba despertando a curiosidade das pessoas também. Quanto mais gente jogando é melhor pra gente, acaba sendo uma responsabilidade gostosa, mas também importante.

Alen Fillipe – NPS Grand Final

Como você enxerga as modificações que a organização fez para a temporada 2019?

Eu achei bom. Reduzir a entrada do Main Event dá acesso para mais pessoas jogarem e também um número maior de reentradas, sem contar que o prêmio continua muito atraente. Outro ponto que tenho que citar é ir para Aracaju, pois é um lugar carente de torneios grandes como o NPS e o field é muito bom. Eu creio que a etapa lá irá bombar.

Uma etapa mais próxima da sua casa. Como é a expectativa?

É bem melhor. Muita gente quer jogar o NPS por lá, mas ainda não tiveram o privilégio de disputar por causa da distância. Tenho certeza que o pessoal indo lá, vão ver o nível de organização e ver que vale a pena a viagem para ir aos eventos. Com certeza vão ganhar muitos jogadores.

O Nordeste Poker Series tem o patrocínio do Brasil Poker Live, braço brasileiro da Rede Aconcagua Poker. Envie email para [email protected] para criar sua conta.