COMPARTILHAR
Victor Cornetta campeão do Main Event do NPS Natal

O Dia Final do Main Event do NPS Natal será uma competição que ficará lembrada por muito tempo na memória dos competidores que estiveram envolvidos na disputa. O grande fator para isso, foi o ritmo alucinante imposto pelos jogadores.

A decisão que iniciou com noventa jogadores, precisou de pouco mais de dez horas para conhecer o campeão. A vitória ficou com Victor Cornetta, que em um dia único, não deu chances para os adversários e conquistou o prêmio de R$ 40 mil. “Foi absurdo. Eu acredito que muitas coisas o baralho acaba escolhendo, não posso negar que ele me ajudou hoje”, falou ainda perplexo e concluiu festejando. “Não sou de jogar live, para vir pra cá, acabei conquistando uns resultados no online e saquei para vir pro NPS. Foi demais ter dado tudo certo”.

Victor teve uma participação avassaladora na decisão. Sua performance foi tão dominante, que o jogador eliminou sete dos oito adversários na mesa final. “Começar a mesa final daquela forma me deu uma sensação diferente, parecia que era um sinal. Eu sou razoavelmente confiante no meu jogo, sei que cometi erros, mas dessa vez deu certo pra mim”, comentou.

Heads-up do Main Event do NPS Natal
Heads-up do Main Event do NPS Natal

Para iniciar a mesa final em grande estilo, o campeão foi o responsável por uma eliminação dupla em que fez a decisão iniciar com sete ao invés de oito jogadores. Deste momento, até ser conhecido o campeão, foi necessário apenas uma hora de jogo.

Logo no início, Fred Camara foi o primeiro a se despedir do torneio. Após defender o big blind com J9, o jogador viu o flop 8KT e se envolveu em all in contra Ramon Pessoa, que possuía K7. Turn e river não trouxeram mudanças e o torneio conheceu o sétimo colocado.

A partir deste momento, Victor iniciou a impressionante sequência de eliminações que o levaria ao título. A primeira vítima foi Wilder Brito, logo depois foi a vez de Ramon, que viu seu QQ ser quebrado por ATo, com o campeão acertando um straight flush.

VEJA MAIS: Daniel Xavier vence o BPL Storm do NPS Natal

Com o 5-handed formado, Cornetta possuía mais da metade das fichas em jogo e não demorou para que mais fichas fossem agregadas ao seu stack. Em menos de quinze minutos, Tales Araújo e Flávio Nascimento foram eliminados na quarta e terceira colocações, respectivamente.

Com este impressionante desempenho, Victor iniciou o heads-up com uma imponente vantagem de dez para um contra Pablo de Sá. O adversário até conseguiu a primeira dobra, mas o campeão precisou de apenas quinze minutos para confirmar o trabalho irretocável.

Como o jogador também fez mesa final do High Roller e foi eliminado na sétima colocação, ele comentou a possibilidade de disputar o ranking e buscar o título de campeão nordestino de poker. “Confesso que não sei como funciona essa classificação. Vou dar uma olhada no sistema de pontuação, mas o poker não é a minha profissão, sou um recreativo que gosta de estudar o jogo. Vou dar uma analisada nisso e quem sabe não apareça nas próximas etapas”.

Confira a classificação da mesa final:

1º – Victor Cornetta – R$ 40.000

2º – Pablo de Sá – R$ 20.000

3º – Flávio Nascimento – R$ 12.000

4º – Tales Araújo – R$ 9.400

5º – Ramon Pessoa – R$ 7.300

6º – Wilder Brito – R$ 5.190

7º – Fred Camara – R$ 4.000

8º – José Eduardo – R$ 3.200

O Nordeste Poker Series tem o patrocínio do Brasil Poker Live, braço brasileiro da Rede Aconcagua Poker. Envie email para [email protected] para criar sua conta.