COMPARTILHAR
Back to Vegas: Phil Hellmuth vs Johnny Chan
Back to Vegas: Phil Hellmuth vs Johnny Chan

O quadro “Back to Vegas” tem como objetivo relembrar momentos históricos da WSOP, já que a série, que estaria sendo realizada neste momento, precisou ser adiada. Após trazer um cooler inesquecível entre Phil Ivey e Chris Moneymaker, dessa vez os personagens são Phil Hellmuth e Johnny Chan.

Em 1989, os dois se encontraram no heads-up do Main Event da WSOP em situações bem diferentes. O “Orient Express” havia sido campeão do torneio nos dois anos anteriores, e buscava o tricampeonato para colocar mais uma conquista em uma carreira já premiada.

Clique aqui para conhecer o SuperPoker Team Pro

Hellmuth, por outro lado, era apenas um tímido jovem de 24 anos começando sua participação nos principais eventos. No ano anterior, ele havia sido eliminado no Main Event pelo próprio Chan, na 33ª colocação. Dessa vez, no entanto, a vitória veio para o jogador que viria a ser conhecido como “Poker Brat”.

VEJA MAIS: Back to Vegas: Phil Ivey e Chris Moneymaker se encontraram em cooler histórico no Main Event da WSOP

A mão decisiva foi all in pré-flop, com Hellmuth segurando 99 contra o A7 do oponente. O board trouxe KTKQ, dando vários outs para Chan no river, mas a última carta foi um 6, encerrando o torneio. Para o Expresso do Oriente, restou o vice-campeonato e o prêmio de US$ 302.000. Nas décadas seguintes, Chan ainda alcançou a marca de 10 braceletes conquistados.

O Poker Brat, por outro lado, se tornou o mais jovem campeão do torneio até aquele momento e faturou US$ 755.000. Esse foi o ponto inicial da caminhada cheia de recordes do craque, que possui 15 braceletes da WSOP, bem à frente de Doyle Brunson, Phil Ivey e o próprio Chan, que possuem 10 cada. Seria Hellmuth o melhor jogador da história da série? Opine!

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.