COMPARTILHAR
Desempenho brasileiro na WSOP
Desempenho brasileiro na WSOP

A 50ª edição da WSOP ficará marcada na história dos brasileiros como o primeiro ano em que o país conquistou dois braceletes. Os responsáveis pelo feito foram Murilo Figueredo, no Evento #14, e Yuri Martins, no Evento #51. Ambas as conquistas foram em torneios de Mixed Game, os primeiros triunfos do Brasil nas modalidades menos populares.

Além desta incrível marca, os representantes tupiniquins alcançaram outro imponente recorde na noite de ontem (24). Com a mesa final de Fernando Viana no Evento #56 (US$ 1.500 Super Turbo Bounty), o país igualou a performance de 2016, quando terminou a campanha com oito decisões. Na ocasião, o país deixou a WSOP sem nenhuma vitória.

VEJA MAIS: Justin Bonomo avança entre os líderes para o Dia 2 do Poker Players Championship da WSOP

A cobertura do SuperPoker na WSOP 2019 é um oferecimento do Bodog e conta com apoio do H2 Club e do BSOP.

O recorde pode ser quebrado já nesta terça-feira (25), já que o Brasil está em duas retas finais, com três jogadores. No Evento #54 (US$ 1.500 Razz), Sérgio Braga avançou entre os líderes para o Dia 3, restando apenas 15 jogadores. A outra decisão é no Evento #53 (US$ 800 NL Hold’em DeepStack 8-handed), com João Valli e Gustavo Hess estando entre os dez finalistas.

Com a performance deste ano, o Brasil soma 51 decisões em toda sua história na WSOP. A primeira decisão foi alcançada em 2007 com o primeiro campeão brasileiro de poker, Leandro “Brasa” Pimentel. Na oportunidade, o jogador ficou na quarta colocação do Evento #49 (US$ 1.500 NL Hold’em).

O jogador brasileiro que possui mais mesas finais na história da WSOP é Thiago Decano. O profissional possui ao todo seis decisões na série mundial e o título conquistado em 2015 no Evento #38 (US$ 3.000 NL Hold’em).

Confira todas as decisões dos brasileiros na edição 2019 da WSOP:

Marcelo Giordano – Evento #12 – 5º colocado

Murilo Figueredo – Evento #14 – Campeão

Pedro Bromfman – Evento #21 – 6º lugar

Marco Garcia – Evento #22 – 5º lugar

Gustavo Muniz – Evento #26 – 8º lugar

Renato Kaneoya – Evento #28 – 4º lugar

Yuri Martins – Evento #51 – Campeão

Fernando Viana – Evento #56 – 3º lugar

Confira o desempenho brasileiro ao longo dos anos na WSOP:

Ano Número de Mesas Finais Títulos
2007 1
2008 1 1
2009 1
2010 2
2011 3 1
2012 2
2013 5
2014 2
2015 7 1
2016 8
2017 5
2018 6 1
2019 8 2

A cobertura do SuperPoker na WSOP 2019 é um oferecimento do Bodog e conta com apoio do H2 Club e do BSOP.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.