COMPARTILHAR
Brasil no PCA
Brasil no PCA

O Brasil continua dando passos largos na caminhada para se tornar uma potência no poker mundial. Logo no primeiro grande torneio do ano, o país já obteve a conquista de ser a quarta federação que mais levou jogadores ao Main Event do PokerStars Caribbean Adventure.

Ao todo, o Brasil teve 37 representantes na competição, um aumento de quatro jogadores em relação ao ano passado. O número pode ser pequeno, mas vale lembrar que o evento principal teve um aumento considerável no preço do buy-in, passando de US$ 5.300 para US$ 10.300.

VEJA MAIS: SuperPoker transmite ao vivo reta final do PCA com cartas reveladas a partir das 15h30

A divulgação dos números foi feita pela organização do evento, mostrando que o Brasil ficou atrás apenas dos Estados Unidos (126), Canadá (90) e Alemanha (42), países onde o poker é praticado há mais tempo e com maior número de jogadores nessa faixa de buy-in.

O país não aumentou apenas o número de representantes, mas também subiu mais um degrau nesse ranking. No ano passado, os brasileiros haviam ficado atrás do Reino Unido e, portanto, na quinta colocação entre os países que mais levaram jogadores.

Além da quantidade maior, os brasileiros também se deram melhor neste ano. Em 2017, o país não colocou nenhum jogador no Dia 4 do Main Event. O melhor jogador havia sido Fábio Freitas, que acabou eliminado na 74ª colocação. Já na atual edição, são três representantes entre os 43 sobreviventes que continuam na briga pelo título de US$ 1.081.100.

Todas as emoções do quarto dia de disputa podem ser acompanhadas ao vivo e com as cartas reveladas no SuperPoker. Além da equipe já conhecida composta por Victor Marques, Vini Marques, Ivan Ban Martins e Fábio Deu Zebra, a transmissão recebe o reforço de Pedro Padilha.

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.