COMPARTILHAR
Brasil

Apesar de acumular uma sequência de grandes resultados no poker online, como o inédito título por países no WCOOP (World Championship of Online Poker) e também a liderança na Turbo Series, o Brasil ainda vive um incômodo jejum: há três anos um brasileiro não é eleito o jogador do mês pelo PocketFives, site responsável por registrar os resultados dos feltros virtuais.

O último brasileiro que alcançou este feito foi João Simão, em abril de 2016. No mês passado, Geraldo Cesar ficou muito próximo de quebrar esse tabu, mas na última semana, foi superado pelo ucraniano Roman Romanovsky.

VEJA MAIS: lena900 é vice no Sunday Million e diminuiu diferença para Chris Moorman em ranking

Na última atualização do mês de abril, o melhor brasileiro ranqueado é Fabiano Kovalski. O profissional aparece na 12ª colocação com 2.959,72 pontos. A liderança é do húngaro Andras Nemeth, o “probirs”, que possui 4.950,26 pontos.

O Brasil já alcançou este título em sete oportunidades. Além de Simão, os demais brasileiros que alcançaram o feito foram João Mathias, Caio Pessagno, Marco Tozzato e Renan Bruschi.

Mathias e Pessagno conseguiram o feito em duas oportunidades, o gaúcho em julho de 2011 e janeiro de 2015, já o paulista em janeiro e julho de 2013. Marco foi eleito o melhor do poker online em dezembro de 2013 e Bruschi em dezembro de 2015.

Os suecos Niklas Astedt, o “lena900”, e Simon Mattsson, que pilota a conta “C.Darwin2” lideram este ranking. Ambos já foram eleitos jogador do mês no poker online em oito oportunidades.

Vale ressaltar que os pontos só são somados para os jogadores que possuem registros no PocketFives. Além disso, é responsabilidade do jogador cadastrar suas contas em todas as salas para a contagem de resultados.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.