COMPARTILHAR
Pedro Padilha, João Simão, Yuri Martins, Bruno Volkmann e Francisco Correia

Os brasileiros estão dando show nas principais séries. O reflexo da excelente performance dos jogadores tupiniquins nos diversos sites é o ranking mensal do PocketFives, sala responsável por registrar o desempenho dos competidores registrados no poker online.

O país ocupa metade dos dez primeiros lugares do ranking mais conceituado do mês de maio do poker online. O melhor tupiniquim é Pedro Padilha que aparece na quinta colocação com 3.564 pontos.

Clique aqui para conhecer o SuperPoker Team Pro

Um pouco mais atrás está João Simão com o sétimo lugar, somando 3.089 tentos. Logo na sequência aparecem mais três brasileiros: Bruno Volkmann em oitavo, Yuri Martins em nono e Francisco Correia em décimo. Os profissionais possuem 2.957, 2.841 e 2.838, respectivamente.

VEJA MAIS: Dan Bilzerian acusa Daniel Cates de trapaça em home game online; entenda

A liderança do ranking mensal é de Connor Drinan possuindo 5.281 pontos. O americano é seguido de perto por Patrick Leonard que está com 5.060 e o britânico Conor Beresford completa o top 3 com 4.002 pontos.

Confira o top 10 do ranking mensal do PocketFives:

1º – Connor Drinan “blanconegro” (Estados Unidos) – 5.281 pontos

2º – Patrick Leonard “pads1161” (Reino Unido) – 5.060 pontos

3º – Conor Beresford “1_conor_b_1” (Reino Unido) – 4.002 pontos

4º – Alex Difelice “dynalot” (Canadá) – 3.628

5º – Pedro Padilha “PaDiLhA SP” (Brasil) – 3.564 pontos

6º – Steffen van zadelhoff “SvZff” (Holanda) – 3.362 pontos

7º – João Simão “IneedMassari” (Brasil) – 3.089 pontos

8º – Bruno Volkmann “great dant” (Brasil) – 2.957 pontos

9º – Yuri Martins “theNERDguy” (Brasil) – 2.841 pontos

10º – Francisco Correia “chicalltreta” (Brasil) – 2.838 pontos

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.