COMPARTILHAR
Action Clock - BSOP Brasília

Torneios de poker acontecem regularmente há pelo menos cinquenta anos ao redor do mundo. No entanto, mesmo com muita evolução em regras e estruturas de disputa ao longo do tempo, foram poucas as inovações que realmente mudaram algum paradigma na história das competições.

Ao longo de 2017 pudemos ver em vários torneios no mundo, o surgimento de um conceito novo nos torneios de No Limit Hold’em que, ao mesmo tempo, simplificava o jogo e trazia uma boa agilidade para a disputa. Esta novidade foi a de consolidar o “ante”, que antes era pago por cada um dos jogadores da mesa, em um só pagador. Então, começaram a surgir os experimentos mais diversos a respeito do ante consolidado, sendo as duas vertentes mais difundidas o “Big-Blind Ante” e o “Button Ante”.

Depois de ver muitas experiências boas e ruins em grandes torneios ao redor mundo e, depois de muito debate e trocas de experiências no evento ADTP 2018 (da Associação de Diretores de Torneios de Poker), o diretor do BSOP, Devanir Campos, enxergou que já é possível iniciar uma experiência gradual para acostumar os jogadores e os dealers com esta novidade, assim como aconteceu ao longo do ano passado com o Action Clock. “O big blind ante é uma das melhores inovações no No Limit Hold’em. Simplifica e agiliza o jogo, porém traz um novo aspecto estratégico aos quais os jogadores terão que se adaptar. Por isso, a introdução será gradual. Primeiro em alguns poucos torneios e, somente ano que vem, no evento principal”, falou DC.

VEJA MAIS: Responsável por um retrospecto invejável, Seleção de Santa Catarina tem lista divulgada para o CBPE

Já nesta etapa de São Paulo, quatro torneios serão jogados utilizando-se da nova estrutura. Os torneios que terão o Big Blind Ante na estrutura são o High Rollers de um dia, o High Rollers regular, o torneio Start-up e o 6-Handed Turbo Knockout do último dia do BSOP. Para ver como ficou a estrutura do torneio, os jogadores deverão verificar as folhas de estrutura do evento no site da etapa.

A decisão por iniciar aos poucos é explicada pelo fato de haver uma mudança em aspectos estratégicos na disputa. Desta forma, o evento principal – que é a competição mais importante de cada etapa – seguirá com o mesmo formato que iniciou a temporada, não trazendo diferenciações importantes no meio de uma disputa pelo ranking anual para os jogadores.

Para quem ainda não conhece como funciona o big blind ante, a regra que será utilizada no BSOP seguirá o mesmo padrão que se utiliza nos eventos do PokerStars ao redor do mundo: apenas um jogador, o Big Blind, pagará o ante pela mesa toda. O valor do ante será sempre igual ao valor do Big Blind, independentemente de a mesa estar completa ou com menos jogadores. Caso um jogador tenha menos fichas do que o suficiente para pagar o big blind e o ante, considerar-se-á que o big blind é pago primeiro e o ante em seguida.

Para ter acesso ao cronograma completo do BSOP São Paulo e a estrutura de todos os torneios, basta clicar aqui.

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.