COMPARTILHAR
Salão BSOP Brasília (Foto: Carlos Monti)
Salão BSOP Brasília (Foto: Carlos Monti)

O BSOP Brasília foi um evento para ninguém botar defeito. O ousado garantido de R$ 4 milhões na etapa foi superado, e mais de R$ 5,7 milhões foram pagos aos premiados. Somados os quatro Platinum Passes distribuídos durante o evento, o valor passa dos R$ 6 milhões. E como um dos assuntos que mais chama atenção no mundo do poker são as grandes premiações, vamos rever quem foi que voltou para casa com a conta bancária bem mais recheada após o evento.

Foram sete prêmios de seis dígitos em toda a etapa: no Main Event, o vice-campeão Paulo Tarso levou R$ 302.000, enquanto o campeão Marcelo Horta ficou com R$ 293.140 para casa, após acordo no 3-handed. Paulo Gini (R$ 279.500), Felipe Morais (R$ 136.750) e Saulo Sabioni (R$ 104.140) também ultrapassaram os R$ 100 mil no Evento Principal. No High Roller, que contou com acordo no 4-handed, o campeão Marcelo Takahashi embolsou R$ 140.850, enquanto o vice Renan Aziz levou R$ 110.000, e o terceiro colocado Pablo da Silva chegou muito perto, faturando R$ 99.000.

Outro destaque foi o evento Start-Up, que recebeu o maior field da história do torneio, numa etapa fora de São Paulo, registrando 1.046 entradas. O título ficou com Ângelo Neto, campeão do BSOP São Paulo no ano passado, que faturou R$ 95.660 pelo resultado. Se considerarmos que o buy-in é de apenas R$ 600, estamos falando de um retorno de quase 160 vezes no investimento. Além do campeão, o vice-campeão André Luiz Silva (R$ 58.000) e a terceira colocada Paula Araújo (R$ 40.690) também saíram de bolsos cheios.

VEJA MAIS: BSOP retorna a Natal com maior grade de torneios já realizada na cidade; confira

Outra premiação que superou as expectativas foi a do torneio “Last Chance Turbo Deepstack”, que contou com 441 inscritos. Com a inscrição de apenas R$400, o que se viu foi um enorme pote de quase 150 mil reais. Este torneio teve como campeão Vinícius Silva, que faturou R$ 26.700 e conquistou seu primeiro troféu de campeão da série.

Apesar de terem fields menores, e portanto valores menos suntuosos de premiação, vale fazer aqui uma lembrança aos vencedores dos torneios de modalidades mixtas do BSOP, o 8-game e o Omaha Dealer’s Choice. Fred Volpe ficou com a vitória no evento no qual se revezam oito modalidades, enquanto José Carlos “Belém” venceu no Dealer’s Choice, assumindo a liderança no ranking de Omaha. Neste ano, pela primeira vez, o BSOP introduziu um ranking separado de Mixed Games, colocando torneios do formato em todas as etapas.

Muita gente não sabe mas, por questão de segurança, como os valores que circulam no meio do poker são bem altos, os prêmios não ficam armazenados no local do evento. Por isso, geralmente, em um período de até 72 horas todos já recebem as premiações em suas contas bancárias, com toda a segurança necessária. Este tempo é ligeiramente estendido no BSOP Millions, pelo volume muito maior de pagamentos.

A exceção se faz no caso de o jogador indicar uma conta de outro país para o recebimento, pois o processo de transferência internacional é mais complexo e pode demorar um pouco mais. Para ilustrar melhor, no caso do BSOP Brasília, todas as premiações já haviam sido pagas até dois dias após o término do evento. Portanto, se algum dia você receber uma grande premiação no BSOP, não precisa se preocupar em ter que levar grandes quantidades de dinheiro em mãos e nem quando o dinheiro vai estar disponível na sua conta.

Abra sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.