COMPARTILHAR
Caio Pessagno
Caio Pessagno

Caio Pessagno é uma lenda do poker brasileiro, ou melhor, do poker online como um todo. Atualmente, o jogador de Campinas (SP) pode não ser o que joga mais caro, ou mesmo o que coloca mais volume, mas sob o nick “Pessagno”, fez história nas mesas do PokerStars. A consistência impressionante de resultados e uma estratégia short stack diferente do que a maioria dos profissionais costumava fazer trouxeram muito destaque, a ponto de vários jogadores terem utilizado o avatar do brasileiro no site durante os anos.

Isso rendeu também um grande carinho do público brasileiro em relação ao jogador, mesmo que atualmente ele não imponha mais o ritmo de grind insano do começo da carreira. Tudo isso fica claro com a reação da audiência à vitória de Pessagno na Grand Final Medium da Stadium Series nessa terça-feira (4). “A fé em Deus move montanhas”, falou o craque sobre significado do resultado em entrevista ao SuperPoker.

VEJA MAIS: Pedro Garagnani faz pódio no Bounty Builder High Roller e mesa final no Daily Supersonic do PokerStars

O brasileiro passou por um field de 4.234 entradas para faturar US$ 266.006, maior resultado da carreira. Para dar um toque ainda mais especial à decisão, a mão final foi daquelas de cinema. Segurando 42 de ouros, Pessagno acertou um straight flush logo no flop e viu o oponente fazer o full house nuts, em um cooler que selou o destino do torneio.

Caio Pessagno
Caio Pessagno

Na entrevista exclusiva, o craque falou sobre a conquista, como tem lidado com o período de quarentena, o carinho recebido pelo público, a grande fase do poker brasileiro e mais. Confira abaixo, na íntegra.

Mesmo com tantos anos de experiência no poker, você ainda sente um certo nervosismo em situações como essa? Como lida com esses momentos em que há tanto em jogo?
Para ser sincero, um pouco, mas nem perto de antigamente. O que mudou em mim foi que simplesmente eu aceito que sou um ser humano imperfeito, que vai falhar inúmeras vezes, e apenas uso esses erros como ferramentas pra me dar clareza onde preciso melhorar e continuar evoluindo. Ou seja, você conclui uma verdade própria de que as dúvidas, os erros, são maravilhosos.

VEJA MAIS: Caio Pessagno quebra AA de Rodrigo Semeghini em mesa final da Stadium Series

Você viveu momentos de altos e baixos na FT, o que pode falar sobre a trajetória nessa reta final?
Para quem joga torneios, ainda mais os de field grande, sabe bem a dinâmica. Você vai ficar short, giga, medium stack, ultra short, a inconstância é a única certeza (risos). E na final table, especificamente, quando o ICM entra na conta, ainda mais com payjumps absurdos (muitos buy-ins), como você é o medium stack, com uma posição desfavorável, você não tem muita opção. A estratégia correta é jogar mais tight e ter paciência, mas isso não quer dizer que não haja spots a serem aproveitados.

Analise bem os players, compare os stacks, encontre as oportunidades diante das infos que você tem na mão. Não fique distraído/intimidado/incomodado com o CL (chip leader) fazendo o papel dele de colocar a pressão. E sempre faça a análise do “future game”, faça sempre a conta de quantos blinds cada player terá após as hands, diante de possíveis calls, shove, raises… Como vai ficar a dinâmica da mesa após a mão?

VEJA MAIS: Fernando Viana é o grande campeão da Stadium Series Grand Final High e conquista forra absurda

Como você tem lidado com a quarentena nesse momento de coronavírus? Tem jogado mais online do que antes?
Jogar mais poker hoje do que antes, vai ser sempre difícil pra mim! (risos). E sobre a quarentena, pessoalmente falando, minha vida não mudou. Eu tenho toda estrutura na minha casa, para justamente sempre otimizar meu tempo, então já estou bem acostumado. Mas olhando o lado que a grande maioria está passando, definitivamente eu fico profundamente sentido e literalmente dói meu coração pensar em pessoas com necessidades básicas.

Caio Pessagno
Caio Pessagno

Por isso, meu foco máximo hoje é em ajudar ao máximo no que eu posso. Através claro de doações dos bens necessários, comida, roupa, dinheiro e, principal, muito amor, respeito, empatia, compreensão, sem cobrança, sem julgamento. As pessoas precisam de nós. De alguma forma, você pode aliviar, mesmo que por um momento, esse medo e preocupação de alguém ao seu lado. Não subestime o poder do amor nunca.

E te falo a grande verdade do que eu sinto: dentro de mim, quando ajudo alguém, o sentimento é incomparável. O torneio que ganhei ontem, não vale nada, zero, nadinha, perto da alegria, prazer e amor em ajudar alguém. Deve ser Deus tocando nosso coração em gratidão por zelarmos pelos nossos irmãos. Não sei, quem sou eu, essa é apenas minha humilde opinião sobre esse sentimento incrivelmente maravilhoso.

VEJA MAIS: Matheus Abrantes vence o US$ 55 Mini Bounty Builder High Roller do PokerStars

Como é sua rotina atualmente nos dias de grind?
Acordo entre 6h e 7h da manhã, oro/rezo/agradeço, afinal acordei respirando, isso quer dizer, mais um dia, mais uma chance para dar meu melhor. Escrevo no meu diário, leitura, estudo, vou treinar, brincar com a Sofia. Lá pelas 13h/14h começo o grind, vou até umas 22h em média e finalizo o dia com minha família (montei um setup na cozinha, para não ter que ficar sozinho a noite toda), grind na reta final e no fogão! (risos). Ou também volto a dar uma estudada pós sessions, depende da hora que acabar ou também da curiosidade (risos). Grindo uns 4/5 dias na semana em média, e nunca de sábado.

No mesmo dia, tivemos o Fernando Viana vencendo a versão High do torneio. Como você vê a fase atual do poker brasileiro?
Fico arrepiado! Alegria absurda ver o Brasil amassando! Isso só prova mais do que nunca, que nós brasileiros somos guerreiros lutadores, só precisamos de uma chance! Todos nós temos a capacidade de sonhar e chegar lá!

E parabéns absurdo pro Vianinha, que coisa linda, Yuri também, Pabritz, Great dant (Bruno Volkmann)… nossa, ficaria até amanhã citando. Alegria imensa ver onde chegamos, e que tem muito mais por vir ainda.

VEJA MAIS: Elvis Renan fica em quarto lugar na Stadium Series Grand Final Low

Apesar de não colocar tanto volume quanto antigamente, você ainda carrega uma legião de fãs fiéis. A que credita esse carinho do público brasileiro?
Eu perguntei para minha esposa esses dias, ‘O que eu fiz pra receber tanto carinho e amor?’, já faz tanto tempo desde o último vídeo. E todos os dias, no grind, alguém me manda amor. É incrível, sou muito grato, tento responder sempre claro, às vezes passa, muita tela né (risos).

Mas o porquê disso? Sinceramente, eu não sei o motivo. Eu não sou diferente de ninguém, só um cara normal, abençoado por Deus. Então na real, não preciso saber porque, apenas usufruir/retribuir esse sentimento maravilhoso que é o amor, que deixa cada momento muito mais especial. Se você quer me dar amor e carinho, eu aceito com meu coração aberto e vou te dar de volta o meu. Simples ato, maravilhoso e poderoso.

Caio Pessagno
Caio Pessagno

Gostaria de mandar um recado para os fãs?
Quero deixar meu amor a todos como falei acima. E responder uma pergunta que sempre me fazem, ‘Pessa, você vai voltar a fazer vídeos?’ Sim, um dia eu vou voltar a fazer vídeos de poker e etc, mas o objetivo não vai ser dinheiro, não vai ser patrocínio, não vai ser marketing, não vai ser empreendedorismo, vai ser ajudar, pelo prazer genuíno de ajudar, da melhor maneira possível que eu conseguir.

Como, quando, por quê? Essas respostas terei ao longo da jornada. Eu não sei agora. Mas eu sei que vai acontecer em determinado momento. Os detalhes, só Deus sabe. Ao longo do caminho, Ele nos mostra. Fiquem em paz, com Deus no coração, muito amor sempre.

Abra sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.