COMPARTILHAR
Carlos Eduardo campeão do Turbo Knockout do BSO Brasília
Carlos Eduardo campeão do Turbo Knockout do BSO Brasília

Carlos Eduardo é carioca, mas mora em Brasília há 20 anos. Pela primeira vez, o recreativo resolveu enfrentar os craques no maior circuito de poker do hemisfério sul e o resultado não podia ser melhor. O jogador já estava feliz com o vice-campeonato no Turbo SuperStack, conquistado na madrugada de ontem (3), mas conseguiu melhorar a marca.

O jogador retornou ao salão do BSOP Brasília para a disputa do Turbo Knockout, superou um field com 62 entradas e conquistou o título do torneio. Junto com o segundo troféu na etapa, o jogador recebeu R$ 8.510. “A mesa final estava difícil demais, eram diversos jogadores profissionais e eu sou recreativo, estreando no circuito. Eu me superei”, comemorou o campeão.

VEJA MAIS: Kadu Costa supera maratona e crava NoBreaks do BSOP Brasília

“Pra mim está sendo maravilhoso, não tem como não achar isso. Ter sido vice-campeão no SuperStack já tinha sido bom demais, hoje ter cravado o Turbo foi realização de um sonho”, continuou festejando o campeão.

Mesa final do Turbo Knockout do BSOP Brasília
Mesa final do Turbo Knockout do BSOP Brasília

Carlos iniciou a mesa final como chip leader e, mesmo enfrentando grandes nomes, conseguiu se manter entre as principais pilhas. Pensando no segundo troféu, o jogador confessou que deu uma segurada no jogo para buscá-lo. “No 3-handed eu percebi que comecei a perder muito o meu stack e eu vi que tinha que jogar. Me soltei e deu certo”.

Percebendo que havia cometido erros no heads-up da noite anterior, o campeão levou o duelo passado como aprendizado para o duelo final. “Eu acabei não me concentrando, fiquei preocupado somente nas minhas cartas, só buscando valor e quando eu percebi, meu stack já estava todo diluído e não deu mais para voltar. Nesse, já entrei mais focado e não deixei de jogar nenhuma mão, foi o que aconteceu e tudo deu certo”.

Pódio do Turbo Knockout do BSOP Brasília
Pódio do Turbo Knockout do BSOP Brasília

“Quero dedicar essa vitória primeiramente a Deus, para meu filho, minha esposa, meu pai, minha mãe e minha irmã, que estão sempre me apoiando e todos os meus amigos que torceram por mim. Amor, eu te amo, você é minha vida! Lorenzo, Luís, papai está chegando com mais um troféu”, dedicou o campeão.

Confira a classificação da mesa final:

1º – Carlos Eduardo – R$ 8.510

2º – Thiago Goulart – R$ 6.150

3º – Anthony Barranqueiros – R$ 3.970

4º – Rubens Bomtempo – R$ 3.000

5º – Larissa Metran – R$ 2.330

6º – Lucas de Sousa – R$ 1.820

7º – Eduardo Rocha – R$ 1.450

8º – Thawann Cardoso – R$ 1.140

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.