COMPARTILHAR
Christian Almeida campeão do Evento #21 da Turbo Series
Christian Almeida campeão do Evento #21 da Turbo Series

Após os três primeiros dias sem títulos na Turbo Series do PokerStars, o Brasil encerrou o jejum na série e emplacou duas vitórias no quarto dia de competição. Um dos representantes tupiniquins que alcançaram o lugar mais alto do pódio foi Christian Almeida no Evento #21.

Pilotando a conta “ChristianBR4”, o jogador superou um field com 3.688 entradas e recebeu a bagatela de US$ 21.963,62, seu maior resultado nos feltros virtuais. “O sentimento é de que o meu trabalho está sendo bem feito e os frutos estão vindo. Estou muito feliz pelo ano que está começando e indo muito bem, é meu maior hit do online”, festejou o campeão.

Além de Christian, o Brasil teve outros dois representantes na mesa final. Bruno Bezerra acabou se despedindo da competição em terceiro lugar, recebendo US$ 7.249, e “glnas” foi o quinto, somando US$ 5.270. O campeão acabou mencionando uma situação que ele classificou como muito triste com um dos compatriotas. “No 4-handed, o Bruno Bezerra perdeu a conexão, o jogo rolou e ele só voltou a jogar depois de 20 ou 30 minutos, já com 15 blinds. Era o chip leader no momento que caiu a conexão dele. Realmente fiquei muito chateado por ele” contou.

VEJA MAIS: Felix Schneiders acerta showdown e comemora antes da hora, mas se livra de “maldição”

O Evento #21 da Turbo Series foi um dos primeiros torneios em que Christian se registrou. Com uma trajetória tranquila na competição, o brasileiro começou a focar ainda mais no torneio quando a disputa estava com 250 jogadores restantes. “Sempre figurei entre os dez maiores stacks da disputa. Acho que em nenhum momento fiquei em situação de push/fold, o que é muito difícil em eventos com essa estrutura”, lembrou o jogador.

O carioca iniciou a trajetória no poker há cinco anos e, desde 2016, decidiu se profissionalizar. Apesar de se dedicar aos feltros virtuais, a primeira grande forra veio nos eventos live, quando embolsou R$ 138.000, em outubro do ano passado. “Apesar de já ter este grande resultado, faltava a cravada e, enfim, ela veio em boa hora. Vou comemorar bem meu aniversário, que é daqui a duas semanas”

Questionado sobre o planejamento e se irá alterar o cronograma de torneios após a conquista, o jogador foi categórico. “Não, vou continuar na minha grade, não é porque ganhei um torneio que tenho que sair dos meus limites. Jogarei os mais caros quando for a hora de jogá-los e, com certeza, ainda não é a hora, tenho muito a aprender ainda”. Ele ainda concluiu dizendo. “E se der para beliscar mais uma FT na série, para ter dois protect cards, um ouro e um prata, ia ser lindo (risos)”.

Christian também fez questão de oferecer o título aos amigos e profissionais que o auxiliam na jornada. “Dedico ao Fernando Ferreira, meu coach particular dentro do Polarize Poker, que me ensina desde março de 2017. Agradeço também à minha namorada, que entende minha profissão e aceita, e aos meus amigos de time, Bernardo, Rômulo, Josemar, Bruno e César”.

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.