COMPARTILHAR

Por mais de um ano, um dos grandes mistérios do poker online foi a identidade do misterioso “Isildur1”, que despontou nas mesas high stakes em 2009. Em 2011, após ser contratado pelo PokerStars, foi revelado que o dono da conta era o sueco Viktor Blom.

Se esse mistério foi resolvido, a identidade de outros craques dos high stakes online continua desconhecida. A lista foi divulgada pelo site HighStakesDB, que reúne resultados de jogadores nos limites acima de $25/$50. Confira os nicks e o lucro dos jogadores.

1 – denoking – US$ 3.502.721

Também conhecido pelo nick ‘wilhasha’ no PokerStars e jogando sob a bandeira da Suécia, o jogador tem o NL Hold’em como a principal modalidade. O maior pote vencido por ele chegou a quase US$ 500 mil e foi jogado contra Paul “MalaACEsia” Phua.

2 – EireAbu – US$ 2.591.915 

O misterioso “EireAbu” possui mais de 550 mil mãos registradas no HighStakesDB, tendo o PL Omaha como sua principal modalidade. Apesar do sucesso, o jogador, cadastrado como irlandês, não aparece nas mesas desde 2015.

3 – JayP-AA – US$ 2.582.982

Jogando sob a bandeira do Reino Unido, o regular do PL Omaha já se aproxima das 200 mil mãos jogadas nos high stakes. Ele foi visto nas mesas do PokerStars pela última vez ainda nesse mês e já soma mais de US$ 250 mil de lucro em 2018.

4 – BERRI SWEET – US$ 2.443.078

Também jogador de PLO, o desconhecido possui pouco mais de 180 mil mãos jogadas e segue ativo nos high stakes, tendo jogado inclusive hoje (26). Apenas neste ano, já são mais de US$ 100 mil em lucro.

5 – azn_baller3 – US$ 2.088.670

Conta registrada na Tailândia, possui quase 300 mil mãos jogadas, a maioria também em PLO. A maior parte disso foi jogada até 2013, quando ele ultrapassou a marca de US$ 2 milhões em lucro. Desde então, a conta jogou uma média de apenas 1.000 mãos por ano.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.