COMPARTILHAR
Ricardo Guilarducci MasterMinds
Ricardo Guilarducci era só sorrisos depois da cravada (Foto: Alex Malheiros)

O MasterMinds Goiânia teve uma mesa final alucinante. Aconteceu tudo o que o “povo gosta”: potes grandes, coolers, bad beats e até rivalidade entre os jogadores e torcidas. No final das contas, o baralho sorriu para o recreativo Ricardo Guilarducci, que terminou como o grande campeão do festival. Ele levou R$ 73.500 pela vitória e a honra de entrar no seleto grupos de vencedores do MasterMinds.

Provocativo, Guilarducci viveu a mesa final de maneira intensa. As melhores mãos puxadas vinham acompanhadas de comemorações efusivas, além de uma distribuição de falinhas para as torcidas adversárias. O 3-handed, por exemplo, parecia final de Copa do Mundo pela atmosfera criada pelos amigos dos finalistas. Isso deixou o campeão ainda mais eufórico.

“É muita emoção. Um torneio com tanta gente, nunca tinha jogado um torneio desse tamanho. Eu jogo aqui o Campeonato Goiano, mas nunca tinha conseguido um resultado desse. Eu fico muito agradecido a Deus e até aos anjos do baralho que a gente arruma uma hora dessa para chamar eles”, comemorou Ricardo.

O campeão já tinha avisado muito antes que ia ficar com título: “Desde o primeiro dia que fiz a inscrição, eu disse que ia sair daqui com o primeiro lugar”, profetizou. Guilarducci chegou gigante no 3-handed e pouco depois eliminou o jogador Daniel Rodrigues na terceira colocação. Com imensa vantagem, parecia que o heads-up contra Eliarlem Paiva era questão de tempo, mas não foi assim.

Jogando muito bem, Eliarlem equilibrou o duelo e incomodou Ricardo. O jogo passou a ter mais emoção, com alguns potes grandes e dobras. Quase empatados, eles decidiram realizar um acordo que dividiu o dinheiro e deixou R$ 8.500 para o campeão. Logo depois, o baralho sorriu Ricardo Guilarducci.

Em all in pré-flop de A3 de copas contra AJ de ouros de Eliarlem, o jogo poderia ter terminado. O flop QQ5, com duas de ouros, aproximou o fim. Eis que apareceram os “anjos do baralho”. Um 3, de espadas, veio no turn. O river 7, que não foi de ouros, fez Ricardo explodir de felicidade. Eliarlem ficou desolado.

Sobraram menos de 10 blinds. Ele até dobrou o stack na mão seguinte, mas na sequência, com A4 contra o K2 de Guilarducci, não teve jeito. Um K apareceu na flop e Ricardo ficou com o troféu de primeiro lugar, além dos R$ 8.500 extras pelo acordo. Um final eletrizante para um torneio que jamais será esquecido pelos jogadores goianos.

Disputado no excelente Players Hold’em Club, a casa da Federação Goiana de Poker, o MasterMinds Goiânia registrou 847 inscrições e juntou uma premiação total de R$ 415.300, distribuída entre 82 jogadores.

Confira a entrevista em vídeo com o campeão:

Confira como foram as eliminações:

9º lugar – Robinson Oliveira – R$ 3.300

Blinds 40.000 / 80.000 com antes de 10.000

Robinson, que não fez parte da FT “oficial”, foi eliminado por Daniel Rodrigues. Ele abriu raise para 175.000 fichas e Daniel pagou do small. O flop veio 23Q, Robinson c-betou 265.000 fichas e levou call. No turn, um 3 de ouros, que abriu possibilidade de flush, Robinson foi all in de 950.000 fichas. Daniel pensou e pagou, mostrando 99. Robinson tinha J9 de ouros. O river veio outra Q, eliminando o jogador.

8º lugar – Kim Carvalho – R$ 5.000

Blinds 40.000 / 80.000 com antes de 10.000

Kim abriu raise para 160.000 fichas com 89 de copas do CO e levou call de João Victor no big blind, que também tinha 89, só que de ouros. O flop foi sensacional para ambos, mas melhor para João Victor: 567, com duas ouros. Ambos deram check. O turn, um A de ouros, completou um flush para João. Kim apostou 225.000 fichas, João deu raise para 575.000 e levou call. No river, um 4 de paus, João Victor shovou cerca de 2 milhões de fichas e levou call de Kim, que tinha cerca de 1.500.000

7º lugar – Vinícius Teles – R$ 7.500

Blinds 40.000 / 80.000 com antes de 10.000

João Victor abriu 160.000 fichas do UTG+1 e levou call de Ricardo Guilarducci e Vinícius Teles, small e big blind, respectivamente. O flop veio 275 com as duas últimas de espadas. João c-betou 375.000 fichas, Ricardo foldou e Vinícius foi all in de mais ou menos 1 milhão de fichas. João deu snap call e mostrou JJ, contra o 46 de espadas de Vinícius. Ele tinha muitos outs, mas o 4 de ouros e a Q de ouros que vieram no turn e river não ajudaram.

6º lugar – Felipe Alves – R$ 10.800

Blinds 50.000 / 100.000 com antes de 10.000

Felipe shovou 875.000 fichas do UTG+1 e levou call de Ricardo.  No showdown, o Q8 de paus estava dominado contra o KQ de espadas do adversário. O flop AK3 já praticamente matou as chances, o que se concretizou com o turn 9 e o river T.

5º lugar – Murilo Ribeiro – R$ 15.000

Blinds 80.000 / 160.000 com antes de 20.000

O chip leader da mesa final ficou na quinta colocação. Murilo foi all in de 1.305.000 fichas do UTG e levou call de Ricardo no botão com mais fichas, que mostrou AJ. O board A5T98 decretou a queda de Murilo.

4º lugar – João Victor da Silva – R$ 22.500

Blinds 80.000 / 160.000 com antes de 20.000

O principal pote da noite foi a eliminação de João Victor. João abriu raise para 400.000 fichas, Ricardo 3-betou para 900.000 fichas, João 4-betou 2.045.000 fichas e Ricardo pagou. O flop veio 4TJ. Ricardo deu check, João betou 1.300.000 fichas e tomou call. O turn veio um 9, Ricardo deu check e João anunciou all in de 3.210.000 fichas. Após grande pensativa, Ricardo deu call com QQ, atrás do AA de João Victor. Só que no river veio um K, completando uma sequência para Ricardo.

3º lugar – Daniel Rodrigues – R$ 35.560

Blinds 100.000 / 200.000 com antes de 30.000

Short stack, Daniel foi all in de 2.420.000 fichas com T9 do small e levou call de Ricardo com A7 no big. O flop K93 deu vantagem para o short, mas um A no turn acabou com a graça. O river veio um 5 e decretou a queda de Daniel Rodrigues.

2º lugar – Eliarlem Paiva – R$ 65.000

1º lugar – Ricardo Guilarducci – R$ 80.500

Blinds 120.000 / 240.000 com antes de 30.000

Ricardo abriu raise para 500.000 fichas e Eliarlem foi all in de 3.270.000. Ricardo pensou por um tempo e deu call. No showdown, o A4 de Paiva não foi páreo para o K2 de Guilarducci no board K637

Ricardo Guilarducci MasterMinds
Eliarlem, Ricardo e Daniel ((Foto: Alex Malheiros)