Com início brilhante em casa, Pedro Henrique Mendes promete buscar o ranking do NPS e elege principais rivais

Com início brilhante em casa, Pedro Henrique Mendes promete buscar o ranking do NPS e elege principais rivais

Na etapa de abertura do Nordeste Poker Series em 2017, em Recife, teve um jogador local que chamou bastante atenção. Pedro Henrique Mendes brilhou nos paralelos com um título e um vice-campeonato e ainda fez reta final no Main Event. O grande desempenho resultou na segunda colocação do ranking do NPS, com 1.040 pontos.

Presente em Fortaleza, o jogador já deixou claro que tem grandes objetivos para o ano. Ele jogou o Dia 1A do On Fire e conseguiu a classificação. Como todos que passaram garantiram o ITM, ele já pontuou na etapa. Pedro também engatou no Super Turbo Knockout, mas não conseguiu chegar muito longe.

“Sim, eu vou atrás do ranking. Pretendo fazer aqui uma boa etapa, tentar me manter nas cabeças pra chegar no final e dar carga toda para o último “sprint”. Meu objetivo é ficar entre os primeiros. Ano passado eu corri o circuito pernambucano, estava para ganhar e acabei perdendo nas últimas etapas. Mas não estava tão focado quanto eu estou agora. Pretendo sim correr todas as etapas”, contou.

Os jogadores que disputam qualquer tipo de ranking costumam apontar vários motivos para explicar a dificuldade, como desgaste e pressão psicológica, por exemplo. O recifense sabe na ponta da língua qual vai ser a dele.

“Lidar com os adversários é a maior dificuldade. A qualquer momento alguém que tá disputando com você pode chegar em um Main Event ou bater alguma coisa grande e disparar no ranking. Tem que estar sempre ligado e não deixar ninguém desgrudar”, apontou. Ele também nomeou os principais rivais. “Os que estão em primeiro mesmo. O Oderlândio e o Bruno Aguiar são os grandes candidatos a puxarem o título”.

Logo no primeiro dia em Fortaleza, Pedro Henrique já percebeu que não vai ter vida fácil. No Super Knockout, por exemplo, ele ficou lado a lado com Oderlândio Moura por um bom tempo. Para ser campeão nordestino de 2017, ele vai ter que passar por essa e muitas outras situações parecidas. E está preparado. 

                                 Pedro Henrique e Oderlândio Moura lado a lado no Knockout

20h H2 CLUB
blinds: 40m
stack: 20000
insc.: 150,00
17h H2 CLUB
blinds: 25m
stack: 10000
insc.: 50,00
20h30 ESPAÇO ZAHLE
blinds: 35m
stack: 20000
insc.: 200,00
16h30 ESPAÇO ZAHLE
blinds: 2m
stack: 13000
insc.: 30,00
20h30 STARSCLUB ITAIM
blinds: 25m
stack: 15000
insc.: 150,00
16h HIJACK POKER CLUB
blinds: 20m
stack: 5000
insc.: 0,00
21h HIJACK POKER CLUB
blinds: 25m
stack: 15000
insc.: 20,00
16h NUTS HOLD'EM CLUB
blinds: 20m
stack: 10000
insc.: 20,00
21h NUTS HOLD'EM CLUB
blinds: 25m
stack: 15000
insc.: 20,00
19h30 ARENA SOCIAL POKER CLUB
blinds: 25m
stack: 8000
insc.: 30,00
// Vídeos em destaque
» Veja mais vídeos no SuperPoker
// Clubes do Brasil

INÍCIO | CONTATO | ANUNCIE
É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo deste portal de conteúdo (superpoker.com.br) - textos, imagens e vídeos - sem prévia autorização dos responsáveis. Para solicitar autorização, fale conosco pelo e-email contato@gruposuperpoker.com.br.