COMPARTILHAR

Confundido pela WSOP (World Series of Poker) com o brasileiro Rafael Caiaffa na hora do chip count do Dia 3, o poker pro norte-americano Zhen Cai estourou a bolha do Main Event nesta sexta-feira (11). O jogador de cash, porém, disse que deixou o torneio feliz.

– Eu já sabia que iria cair, mas fiquei muito feliz quando ouvi que as outras duas mesas tinham eliminados. Fiquei com esperanças na hora das cartas.

Os três eliminados no momento da bolha se juntaram e o diretor de torneios, Jack Effel, interrompeu o jogo para a decisão de quem ficaria com o buy in de US$ 10 mil para jogar o Main Event de 2015. Com um baralho deitado à mesa, os três teriam que virar cartas conforme os anúncios de Effel. Com um Kh, Cai se saiu melhor que os outros dois eliminados, que viraram um 6 cada.

Na mão que derrubou Cai, um par de damas era a última esperança quando ele se sentava na posição de UTG+2. Depois do fold de quase todos os adversários, o big blind pagou. Cai caiu com par de Às.

– Eu já sabia. Eu falei para ele: "você tem que ter um par de Às. E ele tinha".

Cai conta que chegou a ser chip leader no primeiro dia e runnou bem no segundo. Contudo, o Dia 3 foi fechado no aperto, e por isso ele se segurou para cair no ITM (in the money) no dia seguinte.

– Eu estava muito short na contagem do Dia 3, em que eu apareci como brasileiro e fui confundido com Caiaffa. Mas no ano que vem vou melhor. Estou bem feliz de poder participar.

Em 2015, o jogador terá sua terceira participação no Main Event e potencialmente seu segundo cash na série mundial.

Enquanto isso, em 2014, todos os 693 primeiros colocados já jogam no ITM, cuja premiação mínima é de US$ 18.406. Entre os 72 melhores, a premiação sobe para três dígitos.