COMPARTILHAR
Dan Zack
Dan Zack (foto: WPT)

Dan Zack é um dos destaques da WSOP 2019 até agora. O profissional americano, que tem nos cash games seu jogo principal, conquistou seu primeiro bracelete ao vencer o Evento #6 em uma trajetória de superação.

Antes do título, Zack já havia conquistado a 12ª colocação no Evento #2 ($ 10.000 Super Turbo Bounty NLH). Na sequência, acrescentou mais um ITM à conta na versão mais barata do torneio, o Evento #12 ($1.000 Super Turbo Bounty NLH). Esse evento, aliás, teve Marcelo Giordano na mesa final.

VEJA MAIS: Marcelo Giordano faz bonito no Evento #12 em primeira FT brasileira na WSOP 2019

Com o “início ridículo” de verão, como disse o próprio jogador, e a conquista da primeira joia, o objetivo agora passa a ser mais ambicioso: o prêmio Jogador do Ano da WSOP. Entre os classificados para o Dia 3 do Big 50, Zack dá sinais de que estará na briga.

A cobertura do SuperPoker na WSOP 2019 é um oferecimento do Bodog e conta com apoio do H2 Club e do BSOP

Dan Zack - Campeão Evento #6 - WSOP 2019
Dan Zack – Campeão Evento #6 – WSOP 2019

Também regular do Live at the Bike, cash game televisionado jogado no Bicycle Casino, o americano deu entrevista exclusiva ao SuperPoker. Zack comentou a boa fase, a alegria pelo primeiro título na série, a preferência pelos cash games e mais. Confira.

Qual foi a sensação de ganhar seu primeiro bracelete?
É muito empolgante, a ficha caiu na noite passada, não tinha caído imediatamente. É algo que eu tenho buscado há alguns anos, é o segundo ano que estou jogando o calendário completo.
O ano passado foi um pouco decepcionante, porque vim para jogar praticamente tudo e acabei caindo em várias mesas finais. Chegar no começo deste ano e já ganhar é uma forma ótima de começar.

O fato de você ter ficado short durante a maior parte do torneio deixou a vitória mais especial?
Sim, foi algo muito louco, porque eu tinha zero expectativas. Eu era chip leader ou segundo em fichas no Evento #2 ($10.000 Super Turbo Bounty) na bolha e estava muito animado, mas acabei caindo em 12º.
No evento do título, eu estava nos 5% com menos fichas durante quase todo o torneio, até a mesa final. Então eu passei dois dias e meio pensando “vou cair nos próximos 10 minutos”. Então foi muito legal terminar campeão após uma trajetória assim.

VEJA MAIS: Marcelo Costa cai ITM no Evento #10 da WSOP 2019

Você é presença regular no Live at the Bike. Você prefere cash game ou torneios?
Eu prefiro cash, mas acredito que gosto mais de torneios exatamente um mês por ano. Desde que seja por apenas um mês, eu gosto de torneios, mas toda vez que tento jogá-los fora da WSOP ou em outros meses, não dá certo.
Torneios não são para mim, mas eu cresci assistindo a World Series na TV, eu comecei no poker por causa da série. Então significa algo diferente para mim, especialmente agora que atingi uma estabilidade de que não preciso maximizar toda hora que jogo. Estou animado em buscar coisas novas.

Dan Zack (foto: WPT)
Dan Zack (foto: WPT)

Agora que você tem um bracelete, qual é seu próximo grande objetivo no poker?
Meu objetivo, pelo menos nos últimos dois anos, foi jogar tudo na primeira semana e, caso fosse bem, tentar buscar o prêmio Jogador do Ano. Por isso vou jogar o calendário completo neste ano. Já faria isso de qualquer forma, mas agora tenho chances reais, então vou tentar competir com os grandes.

Nesta edição, você já conseguiu um 12º lugar, um bracelete e está bem em fichas agora no Evento #12 [Zack caiu em 62º]. Quão importante é a confiança para um jogador de poker?
A confiança tem um papel importante, mas em um torneio como este [Evento #12], você só está tentando ter sorte. Tem sido um início ridículo neste verão, acho que joguei cinco dias direto e só fui eliminado de um torneio. Fiquei em 12º, em primeiro, estou no Dia 3 do Big 50, então a confiança é importante, mas ganhar os seus all ins também é um fator (risos).

A cobertura do SuperPoker na WSOP 2019 é um oferecimento do Bodog e conta com apoio do H2 Club e do BSOP

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.