COMPARTILHAR
Daniel Aquino - SuperPoker Team Pro
Daniel Aquino - SuperPoker Team Pro

Já classificado à Semifinal Online, o capixaba Daniel Aquino não abandonou as mesas do SuperPoker Team Pro e segue se destacando nas disputas. Ele não só continua participando, como cravou a segunda etapa de julho, realizada no Bodog.

Após essa conquista, o engenheiro pulou para a segunda colocação do ranking de julho. Se a disputa terminasse hoje, ele garantiria o adicional de 30% no stack inicial da próxima fase do SuperPoker Team Pro. Aquino terminou junho em sexto lugar.

Em entrevista, ele explicou que os bons desempenhos são consequência de uma maior dedicação dele ao poker, com foco e muitos estudos. O campeão também externou sua felicidade pelo título, e até contou uma mão na qual superou Eduardo Sequela.

VEJA MAIS: Guilherme Kalil e Eduardo Sequela comandam transmissão do SuperPoker Team Pro neste domingo

Para participar do SuperPoker Team Pro, não esqueça de criar sua conta nos sites parceiros (BodogLiga Online H2 Brasil e partypoker). Para depositar, conte com a segurança e rapidez da Trust Fichas. Além disso, utilizando o Slot Poker Pro você pode organizar seu grind de maneira simples, facilitando a participação nos torneios. O desafio também conta com apoio da Copag, referência em materiais para o jogo, que presenteará os campeões e classificados para a Semifinal. Confira a entrevista com o campeão do segundo torneio de julho:

Qual a sensação de ser campeão de um torneio?
Uma cravada é sempre uma sensação de felicidade e de que é possível chegar ainda mais longe no desafio. Eu já tinha duas mesas finais e não tinha um título, mas dessa vez consegui a conquista.

Como foi sua trajetória neste torneio?
A trajetória foi entre altos e baixos. Cheguei a ficar com uma quantidade pequena de fichas no início, mas procurei manter o foco para tomar as melhores decisões ao longo do torneio.

Teve alguma mão de destaque que gostaria de contar?
A mão de destaque foi um KK no small blind, na qual tinha um efetivo por volta de 20 big blinds, já na fase final do torneio. Me envolvi em um all in triplo pré-flop, junto com o Eduardo Sequela de AQo, que parece não ter gostado muito do showdown na transmissão. A partir disso, ganhei o all in e consegui manter um bom stack para chegar à mesa final.

VEJA MAIS: Ranking do SuperPoker Team Pro é atualizado com Alex Victor na liderança; confira

Você já está classificado para a semifinal e agora vence um torneio. A que credita o bom desempenho?
O bom desempenho vem de uma maior dedicação ao poker, principalmente no ano de 2020. Como terminei meu mestrado na área de Engenharia, pude focar mais em outros projetos, dentre eles o poker. Atualmente, dentro dos limites que jogo e comparando com os anos anteriores, tenho uma maior disponibilidade e consigo fazer um volume maior de torneios, uma melhor seleção deles e estudar mais a parte técnica do jogo, através de cursos, solvers e grupo de estudos. Fico satisfeito com o desempenho, mas tenho que melhorar muito em alguns aspectos, já que pretendo chegar ainda mais longe.

Como você avalia o SuperPoker Team Pro até agora?
Avalio como uma boa oportunidade tanto para os jogadores profissionais quanto para os recreativos, já que ambos podem participar por um valor baixo. Torço muito para que nos próximos anos tenha alguma competição parecida com esse formato.

Você acompanha a transmissão ao vivo do SuperPoker nos torneios? O que acha?
Me divirto com as narrações de Victor Marques, Guilherme Kalil e o poker de rua de Eduardo Sequela. Acompanhar e participar do SuperPoker Team Pro já virou rotina. De forma geral, acredito que as transmissões gerem conteúdo e entretenimento para o crescimento do poker a longo prazo.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.