COMPARTILHAR
Daniel Negreanu
Daniel Negreanu (foto: PokerCentral)

O Super High Roller Bowl tomou as manchetes do poker mundial nos últimos dias, terminando com a vitória de Isaac Haxton para um prêmio de mais de US$ 3,6 milhões. No entanto, talvez nem o título de “Ike” tenha recebido tanto destaque quanto o fold de Daniel Negreanu.

Segurando JT no board 86798, ele largou a sequência após uma overbet de Mikita Badziakouski, que tinha 99 para um full house. Em enquete realizada nas redes sociais do SuperPoker, de quase 450 votos, 77% disseram que teriam dado call. Durante o torneio, o canadense foi convidado pela Poker Central para explicar seu raciocínio para foldar a mão.

VEJA MAIS: Isaac Haxton vence o Super High Roller Bowl V e conquista maior forra da carreira

Após recapitular a ação, Negreanu chegou à aposta do bielorrusso no river. “Eu uso alguns times banks para pensar”, contou. “Que mãos de valor ele tem aqui? Todos os full houses. Que blefes ele dá raise no flop e aposta alto no river? E a única mão que consegui pensar foi 76. Acho que no geral há muito mais mãos de valor do que blefes. Eu nunca acho que ele tem um T. Se eu acho que às vezes ele pode ter o T, preciso pagar, pois tenho JT. No final fui também com o meu instinto, olhei para ele e parecia ser uma aposta honesta.”

No vídeo da jogada, se destaca também a postura falante do jogador, após um período mais quieto nas mesas, fato explicado por Negreanu. “Eu acho que isso me ajuda a ficar confortável, estou mais confiante”, disse. “Eu sempre falei bastante, mas no último Super High Roller Bowl, que fiquei em segundo, tive uma postura diferente, mais robótica. Mas a verdade é que gosto mais de jogar assim, me divirto mais e muitas vezes isso me favorece, porque as pessoas não sabem como reagir, isso sempre foi o segredo do meu sucesso.”

Confira o vídeo completo (em inglês).

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.