COMPARTILHAR
Daniel Negreanu - WSOP 2018
Daniel Negreanu - WSOP 2018

Se você pudesse escolher todos os detalhes sobre a estrutura de um torneio de poker, como seria essa disputa? Em um post em seu blog, intitulado “O meu torneio de poker perfeito”, o canadense mostrou preferências curiosas sobre o formato ideal.

Vários pontos são destacados pelo embaixador PokerStars. O torneio não teria late register, com todos os jogadores começando ao mesmo tempo e a inscrição fechada assim que o jogo rolasse. A estrutura seria Freezeout, ou seja, sem rebuys ou reentradas.

VEJA MAIS: Após feito nas Bahamas, Ramon Colillas entra para seleto grupo de embaixadores do PokerStars

Para o canadense, o buy-in ideal seria de US$ 10 mil, para atrair os grandes profissionais e também ser, na medida do possível, acessível para quem não joga High Rollers. Em uma sugestão curiosa, Negreanu faria o torneio ser jogado em 8-Game Mix até a entrada no ITM, quando a modalidade passaria a ser apenas o No Limit Hold’em até o fim.

As mesas seriam 7-handed, com big blind ante e action clock, mas em um formato diferente do atual, parecido com o do xadrez. Cada jogador teria um relógio total de 5 minutos a cada dois níveis de duas horas. Após 10 segundos sem ação, o relógio começaria a diminuir, sendo resetado em cada break.

Quatro eventos por ano, prêmios adicionados pela organização em promoções e uma programação repleta de eventos paralelos, para compensar a falta de reentradas no Evento Principal, são alguns dos outros pontos abordados pelo craque. Você pode ler o post na íntegra, em inglês, clicando aqui.

Você gostaria de jogar esse “torneio perfeito” de Negreanu? Opine!