COMPARTILHAR
Daniel Negreanu - PokerStars Caribbean Adventure
Daniel Negreanu - PokerStars Caribbean Adventure

Apenas o canadense Daniel Negrenu alcançou duas vezes o prêmio de Jogador do Ano da WSOP. As conquistas aconteceram em 2004, ano que foi criado o título, e em 2013, data do último bracelete vencido pelo profissional.

Buscando conquistar o inédito tricampeonato, Negreanu pretende fazer uma drástica mudança no cronograma de eventos na WSOP 2019. Acostumado a disputar os eventos mais caros da série mundial, o canadense revelou em um podcast em que ele é um dos apresentadores, que irá abrir mão desses eventos para jogar os mais acessíveis e com fields maiores.

VEJA MAIS: Fold absurdo em stream levanta suspeita de bot em site de poker; entenda

“Estou pensando em fazer algo que nunca fiz antes na World Series, e dar uma chance a esses pequenos eventos”, disse Negrenu. “O modo como as coisas se transformaram em tantos desses eventos, tornou-se praticamente impossível, ganhar o Jogador do Ano jogando apenas a programação que eu estava jogando, que é predominantemente de US$ 10.000 misturados com eventos com buy-ins pequenos”.

O motivo para essas mudanças é que além da pontuação ser maior, o canadense julga ser mais fácil o jogador atingir o mini cash desses torneios, mesmo com um field maior. Devido a essa hipotética facilidade, Negreanu esbanjou confiança. “Se alguém quisesse apostar US$ 5 milhões para eu ter 15 premiações na WSOP deste ano, faça. Se alguém quiser fazer isso, eu aceito a proposta. Eu vou chegar 15 vezes no prêmio”.

Daniel Negreanu - WSOP 2018
Daniel Negreanu na WSOP 2018

Questionado sobre o seu ROI (retorno sobre o investimento) nos eventos que pretende jogar, ele começou comparando com o Main Event, mesmo tendo uma estrutura muito melhor, o field é muito semelhante com os torneios de US$ 1.000 de buy-in. No evento principal, ele colocou o retorno em cerca de 450%, já nos torneios mais baratos em cerca de 280 a 300%. “Eu posso estar completamente errado, estou dizendo isso com base no que me lembro, mas o poker vem avançando, muito jogadores são realmente bons nesses níveis”.

VEJA MAIS: Craque russo é o único tricampeão da história do Sunday Million; conheça

Negreanu também falou de outra experiência jogando os eventos mais baratos da WSOP. “Eu gostaria de ter uma noção de quais são os problemas que eles enfrentam no poker, estou apenas habituado com o ambiente dos High Rollers e sempre fazemos nossas reivindicações” e concluiu com entusiasmo falando sobre enfrentar os adversários que estão apenas para se divertir. “Eu realmente acho que pode ser divertido conhecer um grupo diferente de pessoas durante a WSOP”.

Reforçando o argumento de Daniel Negreanu, na edição de 2018, Shaun Deeb foi eleito o Jogador do Ano da WSOP. Para alcançar o título, o jogador fez 20 ITM’s, sendo 16 torneios com buy-in inferior a US$ 3 mil.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.