COMPARTILHAR
Larry Greenberg - Campeão WPT Bellagio Elite Poker Championship
Larry Greenberg - Campeão WPT Bellagio Elite Poker Championship

Novamente, uma etapa do WPT terminou de forma, no mínimo, esquisita. A situação ocorrida no Bellagio Elite Poker Championship se assemelha à ocorrida no título de Mike Leah no WPT Fallsview, quando o canadense fez um acordo por fora com Ryan Yu no heads-up, e depois Yu entregou o jogo, deixando Leah com o título.

No Bellagio, Ryan Van Sanford foi eliminado na quinta colocação, deixando Larry Greenberg, Danny Qutami, Jim Collopy e Adrian Garduno na disputa, com Greenberg possuindo a maioria das fichas. A partir daí, a cobertura mão a mão do WPT deixa aparente que ouve um acordo extra-oficial entre os jogadores.

Na mão de número 117 da mesa final, por exemplo, com os blinds em 8.000/16.000 e antes de 2.000, Greenberg deu um raise gigante para 200.000 no botão e recebeu call de Qutami no small blind, que tinha 247.000 para trás. A ação chegou em Jim Collopy, no big blind, que aplicou a 4bet para 482.000, deixando apenas 125.000 para trás.

VEJA MAIS: Isildur1 e Jeff Gross se envolvem em pote gigantesco no Evento #5 do SCOOP; confira

Quando a ação voltou para Greenberg, ele colocou os dois oponentes em all in e ambos foldaram, mesmo já tendo colocado uma considerável parte de seus stacks no pote. Na mão seguinte, Greenberg deu raise para 150.000, Garduno 3betou para 366.000 e depois foldou para o all in, mesmo com apenas 200.000 fichas para trás.

Isso continuou por mais algumas mãos, até que os três oponentes de Greenberg ficaram praticamente sem fichas e foram eliminados um por um. Oficialmente, o campeão levou US$ 378.879, Qutami ficou com US$ 223.663 pelo vice, Collopy levou US$ 146.644 pelo terceiro lugar e Garduno faturou US$ 78.221.

No entanto, pela bizarrice das mãos jogadas, fica díficil acreditar que os jogadores levaram esses valores para casa. A questão é que o WPT não permite acordos oficiais, por isso, assim como no caso de Leah, o mais provável é que os jogadores tenham feito um acordo entre si e depois finalizado o torneio dessa forma estranha.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.