COMPARTILHAR

O Dia 2 da terceira etapa do Campeonato Paulista de Hold'em (CPH) foi realizado neste último domingo, dia 27, no H2 Club. No total, 127 jogadores retornaram ao clube para continuar a disputa por mais dez blinds ou até restarem 18 finalistas. Cris Domeneghetti puxava a fila com 246.600 fichas enquanto Salim Dahrug estava na 117 posição na tabela, com 35.300 fichas.

A organização divulgou pouco após soltar o relógio, que seriam premiados os 71 melhores colocados, para o campeão foi destinado R$ 63.000 mais o troféu de torneio. A bolha estourou com a eliminação de Liz Nascimento, após o flop Q25, Junior Viana anunciou all-in com QJ e Liz com menos fichas deu call com KQ, o turn trouxe um J e o river um 7, com dois pares Junior venceu a mão e eliminou Liz na 72ª posição.

Rodrigo Sena, Clayton Galdeano, Bruno Aguiar, Pedro Marte, Mateus Lessa, Josimar Amorim, Eduardo Cruz, Erika Santana, Ricardo Haddad, Denis Paes, Luciano Helipa, Munir Berno, Roberto Lifas, Reinaldo Massa, Rafael Tabarin, Danilo Campelo, Claudio Chá, Cris Domeneghetti, Marcos Moreira e Tania Cavinato foram alguns nomes que deixaram a disputa dentro da zona de premiação.

O evento chegou ao final do último blind programado com 19 jogadores vivos na disputa e o Dia 2 foi encerrado. Entre os finalistas, Salim Dahrug com 1.763.000 fichas é dono do maior stack, seguido por Lucas Tabarin com 1.217.000 fichas e Felipe Mojave com 1.113.000 fichas. Na outra ponta da tabela, Leonardo Fernandes perdeu a última mão dia com AK para o Q2 de Gepo 10 e passou short stack com 48.000 fichas.

Salim contou várias mãos importantes para sair das últimas posições para a liderança, logo no início saiu com QQ e segurou contra o AK de Reginaldo Valadão, dobrando suas fichas. Pouco depois seu KK venceu o AK de Michio, eliminando-o do torneio. Já no penúltimo blind puxou um grande pote, quando saiu com AA e venceu o AQ de Josias e o 99 de Segundo Cruz em all-in triplo pré flop, eliminando dois jogadores na mesma mão.

A grande final do CPH acontece nesta segunda-feira, a partir das 18h com a transmissão ao vivo do site e TV MeBeliska. Lembrando que a partir das 21h será iniciado um satélite com duas vagas garantidas para o BSOP/LAPT, a estrutura conta com buy-in de R$ 350, stack inicial de 15.000 fichas e blinds com duração de 25 minutos.

Confiram abaixo o chip count dos finalistas:

1  –  Salim Dahrug  –  1.763.000
2  –  Lucas Tabarin  –  1.217.000
3  –  Felipe Mojave  –  1.113.000
4  –  Felipe Rubino  –  1.047.000
5  –  Nayara Rocha  –  911.000
6  –  Kevin May  –  803.000
7  –  Romeu Marujo  –  682.000
8  –  Paulo Capelo  –  553.000
9  –  Tony Baggio  –  494.000
10  –  Cristiano Vieira  –  477.000
11  –  Américo Lopes  –  468.000
12  –  Bruno Hazan  –  440.000
13  –  Gepo  –  380.000
14  –  Adriano Monster  –  377.000
15  –  Marcello Azevedo  –  350.000
16  –  Felipe Munhoes  –  349.000
17  –  Fernando Groww  –  264.000
18  –  Iago Leonelli  –  168.000
19  –  Leonardo Fernandes  –  48.000