COMPARTILHAR
Edson Tsutsumi
Edson Tsutsumi

Edson Tsutsumi não alcançou o título, mas foi o melhor representante brasileiro no Main Event do BSOP Online. O profissional enfrentou o grandioso field de 2.572 entradas e alcançou o pódio, encerrando a participação na terceira colocação e faturando US$ 38.230. Com a performance, o jogador conquistou a maior forra da carreira e ultrapassou a marca de US$ 300 mil em premiações no poker online.

“É um sentimento de vencedor mesmo”, falou o “TsutumiJr7” do online. “A gente sabe que no poker nem sempre vai ganhar os torneios, o principal objetivo é a consistência para chegar no topo. Me senti muito bem, muito feliz, na mesa semifinal fiquei bem short, mas estava muito confiante, fiz tudo que era possível, dei o meu máximo. Fiquei muito feliz com o resultado”.

VEJA MAIS: Fedor Holz, Dominik Nitsche, dupla sueca e mais: craques do poker mundial jogaram BSOP Online

O Dia Final da competição contou com transmissão ao vivo do SuperPoker. “Depois que terminou a mesa final, eu assisti um pouco, achei muito bacana, também gostei dos comentários técnicos”, Edson contou a repercussão entre os amigos. “Peguei o celular e fui ver as mensagens da galera, dos jogadores do time, os meus amigos mais próximos, foi sinistro”.

O paranaense tem uma história curiosa com o BSOP. Logo no primeiro torneio que registrou, sagrou-se campeão do 1-Day High Roller na etapa de Brasília. “Estava muito animado para ir para São Paulo, mas infelizmente foi cancelado. Quem bom que fizeram os eventos online, mantive a motivação para jogar e, com certeza, pretendo jogar as próximas etapas do circuito”.

Edson Tsutsumi campeão do 1-Day High Roller do BSOP Brasília
Edson Tsutsumi campeão do 1-Day High Roller do BSOP Brasília

O profissional também falou da iniciativa da criação da série online. “Parabenizar o BSOP por essa iniciativa, foi uma atitude muito bacana, pois trouxeram aqueles que jogam o live e até os que não disputam as etapas do circuito. Tenho certeza que se tiver outro, vai explodir, como foi esse”.

“Nos últimos dias eu não estava tendo sessões tão boas, mas a de domingo foi especial”, relatou o jogador. “Também passei para o Dia 2 no PokerStars Espanha, mas passar chip leader do BSOP me deixou bastante animado, mas fiz de tudo para não criar expectativa, pois no poker tudo é possível. Teve um pouco de ansiedade, mas tentei não passar para o jogo, para tomar as melhores decisões, sem sentir pressão de fatores externos”.

VEJA MAIS: BSOP Online destrói garantido inicial, e Brasil termina como maior campeão; confira os números

A reta final foi composta por diversos jogadores muito conhecidos no poker mundial e o brasileiro falou sobre a estratégia e como enfrentar esses jogadores. “Foi uma experiência bacana jogar contra o ‘Fresh_oO_D’ (Jens Lakemeier). Também conhecia o ‘MikeyGG3’ (Mike Gentili), sei que é um jogador muito bom. Com alguns adversários muito grandes e outros shorts, tive que aproveitar alguns spots, dar all ins mais looses do que o habitual. Na mesa final usei uma estratégia mais tranquila até eu dobrar, pois estava em um seat draw meio ruim, com o chip leader na minha esquerda”.

Uma das mãos que alavancou o stack do jogador foi ainda com nove jogadores na mesa final. Edson acertou um difícil call em um board conectado e saltou para a terceira maior pilha. Assista:

O jogador explicou o pensamento na mão:

“A mesa tá bem equilibrada, sem um jogador com muita vantagem de fichas e o UTG é um dos menores stacks, mesmo tendo 30 blinds. Eu tenho 40 blinds no big.

Com essa disposição de stacks, eu diminuo o range de defesa, mas o Q8s entra tranquilo e o vilão vai c-betar todo o range dele com esse flop. Não tenho tantos incentivos para dar check-raise, joga bem de call e aguenta dois barris, dependendo do turn.

VEJA MAIS: Aleksandr Sheshukov é o grande campeão do primeiro BSOP Online da história; Edson Tsutsumi fica em terceiro

O turn completa um possível flush e a gente acerta dois pares. Vou jogar todo meu range de check, de novo, não acho que tenho tantos motivos para liderar e na hora que ele dá check behind, eu tiro muitos combos de flush da mão dele. Talvez alguns Ax e Kx de paus. Creio que possa ter alguns Qx como QJ, JJ ou TT, com uma carta de paus. As trincas eu desconsidero, pois 22 e 44 ele não vai abrir do UTG. O 88 não sei se joga assim, mas o QQ eu fiquei em dúvida.

Da forma que eu joguei, o meu range tem bastante de cartas de paus, podemos ter cartas baixas. Se eu tenho flushes com cartas mais altas, a gente pode liderar, por não esperar que ele vai dar check e eu posso retirar o K de paus da mão dele, porque ele apostaria turn. Quando eu dou mais um check, meu range fica bem capado, com flushes menores ou pares. Vocês perceberam que na transmissão eu demorei muito para dar o call, pois ele usa um size alto cerca de 55%-60% do pote. Acabo colocando ele em algumas Qx de paus, mas também podendo ter Jx ou Tx.

Colocando ele em blefe com alguns pares ou broadways suited’s de outros nipes, considerei que valeria muito o call e fiquei feliz te acertado nessa situação, foi uma mão muito importante na mesa final”.

Com o pote conquistado, o jogador contou o que mudou na mesa final. “Acabei ganhando muita confiança, dando uma tranquilidade no stack para dar uns raises mais looses, 3-bets”, Edson também destacou outro fator. “Nesses torneios, cada payjump é bem importante, a pressão do ICM conta muito, com mais fichas dá pra fazer muita coisa”.

VEJA MAIS: Bruno Bouças conquista o título do Evento #11 da Turbo Series do PokerStars

O representante verde e amarelo conseguiu desempenhar um ótimo poker na reta final, mesmo enfrentando nomes mais experientes na reta final. Foi justamente Lakemeier que o eliminou na terceira colocação. Confira:

Edson encerrou dedicando o resultado. “Com certeza pra minha família, que está apoiando minha carreira no poker desde o início, sempre está do meu lado, acompanhando e torcendo por mim, mesmo eu tendo escolhido um caminho um poco fora da curva do que o habitual”, o jogador continuou lembrando das pessoas próximas. “Também queria dedicar para os amigos off poker, que me acompanham e torcem sempre por mim. Para os amigos da PokerLab, que me ajuda a evoluir mais rápido, tenho certeza que vão me ajudar a evoluir ainda mais”.

Abra sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

    Você concorda com os termos de uso do SuperPoker, que utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e armazena os seus dados acima solicitados sem finalidade comercial apenas para comunicação direta com você e acesso aos serviços do SuperPoker. Você pode solicitar a remoção dos seus dados pessoais do SuperPoker a qualquer momento.