COMPARTILHAR
Eduardo Souza - SuperPoker Team Pro
Eduardo Souza - SuperPoker Team Pro

Eduardo Souza terminou o ranking de julho do SuperPoker Team Pro na quinta colocação, somando 465 pontos. A campanha foi suficiente para ele garantir vaga na Semifinal Online, que será realizada em setembro.

Natural de Florianópolis (SC), Souza tem 35 anos e é administrador. Para ele, o poker é apenas algo recreativo, mas o jogador confessou que os prêmios ajudam a pagar as contas. Ele é conhecedor das regras do jogo desde criança, mas começou a levar o esporte da mente a sério somente em 2011.

Souza também disse, em entrevista, que os dois primeiros meses de disputa no SuperPoker Team Pro tiveram problemas de vários tipos. Primeiro, problemas técnicos, e depois, o baralho não ajudou. Julho marcou a volta por cima do administrador e lhe rendeu a classificação à próxima fase.

Clique aqui para conhecer o SuperPoker Team Pro

Por fim, o catarinense ainda admitiu que vai participar das disputas do mês de agosto para buscar o adicional de 30% no stack da Semifinal Online, e deixou uma dica para motivar os participantes que ainda correm atrás da vaga.

Se ainda não se cadastrou, cadastre-se já e tenha chances idênticas aos demais. Para participar do SuperPoker Team Pro, não esqueça de criar sua conta nos sites parceiros (BodogLiga Online H2 Brasil e partypoker). Para depositar, conte com a segurança e rapidez da Trust Fichas. Além disso, utilizando o Slot Poker Pro você pode organizar seu grind de maneira simples, facilitando a participação nos torneios. O desafio também conta com apoio da Copag, referência em materiais para o jogo, que presenteará os campeões e classificados para a Semifinal. Confira a entrevista completa:

Fale sobre a sua trajetória no poker.
Conheci o poker aos 10 anos de idade através do antigo jogo de Super Nintendo “Vegas Stakes”. Mas fui levar a sério mesmo no ano de 2011, quando após dois anos trabalhando em outros estados como gerente administrativo de obras, voltei para Florianópolis, e no aguardo da venda de um imóvel para montar meu próprio negócio, comecei a jogar e estudar mais a fundo. Fiquei durante um ano jogando diariamente até conseguir vender o imóvel e montar meu negócio.

De lá até antes da pandemia joguei bem pouco, fiquei bastante desatualizado e não queria voltar porque, na época, o jogo me deixava bastante estressado e não lidava bem com as bad beats. Com a pandemia, tive que fechar meu negócio. Com tempo livre em casa, voltei novamente os olhos para o poker e até então venho estudando e jogando todos os dias. Não me considero profissional, mas venho pagando algumas contas com os ganhos! (risos)

VEJA MAIS: Último ranking do SuperPoker Team Pro começa a ser disputado nesta terça-feira no Bodog

Como você ficou sabendo do SuperPoker Team Pro? Por que aceitou o desafio?
Fiquei sabendo do SuperPoker Team Pro através do Instagram, e aceitei o desafio inicialmente para medir como está meu nível. Sou um cara que me cobro muito, e é importante participar de um evento desses para ver como você está em relação aos outros jogadores, visto que tem muita gente boa participando deste evento.

Qual é a sensação de estar classificado para a Semifinal Online? Como foi seu desempenho no mês?
Fiquei bastante feliz com essa classificação. No primeiro mês tive problemas técnicos em todas as plataformas, e no segundo mês tomei bad beat de tudo quanto é tipo! Neste mês, as coisas voltaram ao normal e consegui uma pontuação boa, com duas FTs, sendo que na primeira considero que joguei muito mal a mão que eu caí na quarta colocação, e a segunda FT joguei no modo Sequela, com o regulamento embaixo do braço (risos), sabendo que acima do quinto lugar eu estaria praticamente classificado.

Continuará jogando em busca do adicional de 30%?
Sim, vou continuar jogando pra buscar os 30%, que considero bem importante para jogar a semifinal e faço uma avaliação muito positiva.

VEJA MAIS: Wanderlei Bembem fica em segundo no SuperPoker Team Pro e festeja vaga na Semifinal Online: “Muito realizado”

Como você avalia o SuperPoker Team Pro até agora?
É uma chance muito legal de jogar o BSOP com tudo pago e ter uma experiência sem igual!

Como foi a repercussão de sua classificação entre família e amigos?
Minha esposa me viu na chamada dos dez classificados e me mandou mensagem super contente, parabenizando. A repercussão também foi muito legal entre os amigos. Já tem a promessa de que, se eu me classificar para a final e o evento for em Floripa, vai ter torcida vibrante a meu favor! (risos)

Gostaria de mandar um recado ou dica aos participantes?
A minha dica é que não desistam. Joguem o seu melhor e sem muita pressão, que o resultado vem! Entre os já classificados tem muita gente boa, mas tem aqueles que flipam J3o contra AK no começo da mesa final, ganham o flip, depois cravam o torneio e se classificam! Então tudo é possível (risos).

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.