COMPARTILHAR
Eliamir Garzon - Brasil Poker Live
Eliamir Garzon - Brasil Poker Live

Eliamir Garzon desbancou 3.404 jogadores e conquistou o título do Mini Stack do Brasil Poker Live. O profissional nascido em Uruguaiana, mas que mora em Santa Maria, transformou o pequeno investimento de R$ 9,90 em uma forra de R$ 20.340,19.

O Mini Stack é o primeiro de quatro eventos, que compõe a BPL Series Gran Million de Maio, que distribuirá mais de R$ 1 milhão em prêmios. A próxima competição será o Main Event com R$ 500 mil garantidos, que será iniciado neste domingo (19), a partir das 21h (horário de Brasília).

VEJA MAIS: Promoção 2×1 retorna ao Brasil Poker Live com cerca de R$ 950 mil garantidos e um só buy-in

A equipe do Brasil Poker Live conversou com Eliamir sobre o grande resultado e a carreira como profissional de poker. Confira:

Qual foi seu primeiro contato com o poker?

Tudo começou em 2011, eu estava fazendo faculdade em Alegre (RS). Meus colegas e eu da área de tecnologia não tínhamos muito o que fazer nos horários vagos, uma grande parte da turma era novo na cidade.  Este foi o gatilho para após as peladas rolar um churrasco e baralho. Começamos jogando truco e um dia apareceu o tal do poker.  A primeira vez que joguei vez, nem vi a cor da bola, mas como sou muito competitivo fui atrás de coisas na internet que pudessem me ajudar a ganhar da turma. Então, resumindo, foi através de amigos em um ambiente de descontração.

Eliamir Garzon jogando o POA 500 e o Brasil Poker Live simultaneamente

Quando você começou se dedicar mais ao poker, teve apoio da família ou surgiram receios?

Depois de pesquisar bastante comecei a ganhar da turma. Dali em diante comecei a procurar tudo sobre poker. Neste momento, começou a aparecer coisas novas, pessoal ganhando online, sempre eram os mesmos, o que me fez acreditar: se eles podem, eu posso. Comecei a me dedicar e buscar sempre evoluir. No começo, tive uma baita oportunidade, participei de um projeto do Yuri Martins e do Diógenes Malaquias, eu não estava pronto para aquele projeto, mas mesmo assim, apreendi muita coisa, o que me fez deixar de ser amador. Fui desligado do projeto porque não tinha realmente os requisitos na época para participar daquilo, era muito avançado pra mim, mas isso me provocou. Eu tinha que me virar sozinho, focar e ser profissional. Quase desisti, mas um amigo pessoal, Rodrigo Valente, me deu uma moral e mandou eu continuar que eu conseguiria. Deste dia em diante não parei mais.

VEJA MAIS: Brasil Poker Live lança duas novas modalidades com constelação nas mesas

Sobre a família, minha história é bem parecida com a de muitos. Lá em casa somos apenas minha irmã e eu. Ela é advogada e meu pai é oficial reformado da polícia militar, o que eles esperavam de mim? Teria que ser um cientista da computação, era o orgulho da família, tecnologia estava em foco na época, mais ainda que hoje. Então, imagine quando falei. ‘Pessoal vou focar em ser jogador de poker’. Meu pai, coitado, quase teve um avc! Minha irmã também ficou preocupada no momento, mas por ser uma pessoa mais nova, com acesso à informação, pesquisou e me apoiou. Já o pai ficou sempre na dúvida, mas como minha ela apoiou, ele “aceitou”. Como perdemos minha mãe muito cedo, minha irmã era a mãe da família. Deste momento em diante, decidi viver disso com apoio de amigos próximos e apoio parcial, digamos, da família.

Consegui resultados nos eventos live, isso fez eles entenderem melhor, buscar ver que é uma profissão, que tinha como viver disso e prosperar. Hoje, eles são sem dúvidas chefes do meu fã clube, apenas os dois.

Resultado do Dia Final do Mini Stack do Brasil Poker LIve
Resultado do Dia Final do Mini Stack do Brasil Poker LIve

O poker é sua única profissão?

O poker é um mercado muito grande, eu sempre fui muito da tese ‘se ele pode eu posso também”. Hoje, sou mais empreendedor que jogador. Vi figuras muito próximas de mim ter sucesso com o poker sem ter que jogar, isso me fez optar por esse mercado. Sou dono de clube, tenho time, vendo fichas e tudo que imaginar de poker eu tenho uma beirada. Tenho migrado para outros investimentos também, mas posso dizer que poker é minha profissão, pois é cerca de 80% do meu faturamento.

VEJA MAIS: Félix Krull festeja sequência de resultados no Brasil Poker Live

Qual foi o seu big hit no Brasil Poker Live?

O maior, sem sobra de dúvidas, foi esse! Não é muito comum ter um ROI de 2.000%. O torneio tinha R$ 100 mil garantidos com buy-in de R$ 9,90. Meu prêmio foi mais de R$ 20.000, então, falando em porcentagem, esse Mini Stack foi o maior! Mas no Brasil Poker Live, já cravei um prêmio ainda maior, meu big hit no BPL foi nos tempos em que a Argentina estava com a economia mais forte, cravei um Super Lunes, sem deal, que pagou mais de R$ 25.000.

Você joga regularmente os torneios Especiais mensais “Milionários” e os High Rollers do Brasil Poker Live?

Jogo todos, Milionários, Minis e High Rollers, sempre! Não tem como deixar de fora da grade eventos como esses, ainda mais em reais, onde não perdemos nada com conversão de moeda e afins. Tenho quatro semi FT’s. High Roller já fui 11º e 13º. No Milionário também foram duas vezes 15º, estava na hora de segurar as races né.

Tanto para os torneios especiais online quanto para os torneios live, o Brasil Poker Live oferece inúmeros satélites classificatórios. Você aproveita esses classificatórios para economizar bankroll ou normalmente paga os buyi-ns?

Sempre que me programo para ir para algum evento chancelado pelo Brasil Poker Live, eu meto bala nos satélites, e quase sempre consigo uma ou mais vagas, muitas vezes, até o pacote. Não tem nada melhor que aumentar o ROI e ainda ficar sempre bem hospedado. O pessoal do site organiza tudo com muito carinho, mas quando não consigo satélites eu não deixo meu dinheiro morto ali, vou pro evento desembolsando mesmo. Pra mim, eventos do BPL hoje em dia são os melhores do Brasil, não tem fold.

VEJA MAIS: Ramon Pessoa vence o Especial de Abril do Brasil Poker Live e conquista quase R$ 100 mil

Como foi sua estratégia de jogo no Mini Stack? Pode nos contar qual foi seu maior desafio?

O Mini Stack é um torneio multi day, então o principal fator é a paciência. Não adianta ganhar um pote de 200 blinds no dia classificatório e depois não saber o que fazer. Então, adotei uma estratégia segura até um momento que as fichas realmente tinham importância, que era perto da bolha do Dia 2. Dali em diante, adotei outra estratégia parei um pouco de focar nas cartas e sim com os spots.

Você possui outros títulos pelo BPL? Qual é o torneio da grade de regulares do site que você mais joga?

Eu jogo todos com garantidos. Títulos tenho quase todos: já cravei Clássico de Domingo, Super Segunda, Terça Freezeout, Super Quarta, Knockout Progressive e o Brasileirão.

Do que você mais gosta no software BPL?

São muitas coisas. A moeda ser em real, o field com poucos regulares, a variedade de torneios sem rebuy, uma modalidade que hoje encontramos em poucos sites, muitos fatores que só jogando para turma ver. Indico para meus jogadores do time, para meus amigos e para todo mundo.

VEJA MAIS: Boost Poker é a novidade do Brasil Poker Live que vai acelerar seu jogo; conheça

Sobre o evento na Europa, você disputou os satélites para o Million Madrid? Quais foram suas impressões sobre o evento e a viagem?

Joguei, mas infelizmente não puxei nenhuma vaga. Como de costume não deixo dinheiro morto e fui atrás. Esse evento foi especial, pois fiz a confraternização do time lá, levei todos jogadores, que atingiram um cap de lucratividade. Era um rake back do ano bom que eles fizeram, nem todos puderam ir pela burocracia que é uma viagem internacional, isso foi uma pena. Talvez os que mais mereciam ir não conseguiram. Sobre o Evento, como sempre, a turma do Brasil Poker Live e Aconcagua Poker “mataram”. A parte de suporte aos jogadores, hotelaria, atendimento no cassino, tudo foi pensado com muito carinho. Sempre tem aquele jogador ranzinza que reclama, mas tanto eu quanto as pessoas que foram comigo, ficaram muito felizes e curtiram a viagem e o torneio. Um baita evento que, sem dúvidas, marcou a Espanha e aos brasileiros que foram lá jogar. Já estou aguardando o próximo, pois com certeza irei.

VEJA MAIS: Milena Magrini fala sobre resultado histórico: “esse prêmio é nosso”

A quem você dedica suas conquistas?

Hoje em dia as pessoas não sabem ser gratos aos outros, eu sempre tento exercer isso, então, vamos lá. Devo minhas conquistas a um grupo de jogadores que não está no main stream do poker, vou citar alguns nomes importantes pra mim: Fernando Araújo, Luis Henrique Teixeira, Pietro Campanini e Matheus Tomé. Hoje, eles são meu squad técnico. Claro, somos capitaneados pelo monstro “nandinhojah”, um cara que não recebe metade do reconhecimento que mereceria no nosso esporte por ser um cara off. O mais legal que somos cinco amigos, cada um jogando por conta, mas sempre se ajudando, sem interesse monetário. Não posso deixar de dedicar pro meu time também, ficam me fazendo responder dúvidas, ir atrás das coisas que não lembro ou não sei. Eles são um dos principais motivos de eu estar jogando e ainda não atuar apenas no backstage do poker.

Por último, agradecer o suporte que minha namorada, Thaina Posser, vem me dando e também agradecer a minha família. Nos momentos difíceis que o jogo tem, quem me ajuda é ela e minha família. No poker, tudo é muito baseado no interesse, onde tem dinheiro tem interesse. Então, pessoas como a turma que está no time, meu squad técnico e minha família, não posso deixar de agradecer! Posso ter deixado alguém de fora, mas hoje, quem merece a dedicação e meus agradecimento é essa turma do bem, que não pensa no que eu posso ofertar e sim em crescer junto comigo.

BPL Series

Neste domingo (19), começam os classificatórios para a disputa do Main Event com R$ 500 mil garantidos. Confira o cronograma do torneio, que tem buy-in de R$ 297:

19/05 – 21h – Dia 1A

20/05 – 21h – Dia 1B

21/05 – 21h – Dia 1C

22/05 – 15h – Dia 1D

22/05 – 21h – Dia Final

Os satélites acontecem diariamente no Brasil Poker Live, tendo a entrada custando R$ 6,60 e três vagas garantidas. Os classificatórios acontecem às 15h e 21h15 com 3 Vagas Gtds por edição.

No Main Event do BPL Series de Maio os competidores iniciam com 15.000 fichas e podem fazer uma reentrada por dia classificatório. O rebuy tem o mesmo valor e os jogadores recebem o mesmo stack. A estrutura será com os blinds subindo a cada 12 minutos.

Brasil Poker Live é o braço brasileiro da rede Aconcagua Poker. Abra sua conta clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.