COMPARTILHAR

O domingo no 888live se mostrou um prato cheio de emoções por todos os lados. Com o fim da possibilidade de fazer reentradas e o início do Dia 2 do Main Event a ação nas mesas ganhou em tensão.

Logo nos primeiros níveis, aconteceu a eliminação de Lucas Lara, que começou o dia como chip leader com incríveis 530.400 fichas. Sentado na mesa da TV, ele caiu do torneio em uma mão contra o membro do Team Foster Bruno Aguiar.

No board 45JK7, com quatro cartas de paus, Aguiar foi all in no river. Lucas pensou por algum tempo e deu o call, apenas para ver que seu flush com JT de paus não era páreo para o nut flush de Aguiar, com A de paus e Q de espadas. 

Esse foi o segundo eliminado por Aguiar nas primeiras horas de jogo. Ele mandou outro jogador para casa em all in pré-flop onde tinha A9 contra TT. O board foi cruel: 45768, dando um straight para Aguiar e GG para mais um participante.

Outro eliminado no começo foi o embaixador 888poker Bruno Kawauti, que nunca chegou a ter um stack confortável para poder usar todas as armas do seu arsenal. "Tive alguns bet/fold e tentei uma 3-bet light que não passou,  com isso fui ficando short. Fui all in com 77 do UTG com 12 blinds, o UTG+1 tinha AA e me sobraram 2 blinds. Na última mão all in de J8 contra AQ, bateu a dama e foi isso."

O craque brasileiro não se abalou e rapidamente fez a sua inscrição no High Roller. Quem também engatou no torneio com buy-in de R$1 mil foi Caio Pimenta, com um detalhe curioso: para não perder a reta online de domingo, o jogador trouxe seu notebook para o salão e ficou multitabling entre live e online.

Na última mão antes do primeiro break do Main Event, uma situação envolvendo o embaixador 888poker Bruno Foster juntou uma multidão de pessoas para assistir o desfecho, pois a maioria das mesas já estava em break.

O board mostrava 9385, com duas de paus e duas de espadas, e três jogadores estavam na mão. Primeiro a falar, Foster apostou 12,5k e o jogador a seguir foi all in de 66,4k. 

O terceiro jogador deu call no all in, ainda tendo fichas para trás e colocando Foster numa situação complicada. Cerca de dois minutos após a ação ter chegado a Foster, um dos jogadores pediu o clock e o floor foi chamado.

Após argumentação dos dois lados, o floor decidiu não impor a restrição de tempo ao único brasileiro November Niner, considerando a complexidade da situação em jogo, o pouco tempo que havia passado e o fato de o torneio já estar em break.

Foster comentou a jogada. "Eu estou lá fazendo contas para ver se o call vale a pena e o cara pede tempo. Olhei para ele e disse 'amigo, não tem a menor necessidade de você pedir tempo, pois não está atrapalhando o andamento do torneio já que estamos em break'. Ele acabou pedindo desculpa depois".

O embaixador do 888poker acabou dando o call, ficando com 120 mil fichas para trás. Quando o 5 de ouros apareceu no river, o oponente rapidamente foi all in e o profissional foldou.

Com o Main Event se aproximando do ITM (in the money), a tensão deve continuar crescendo. Resta saber quem terá sangue frio para aguentar a pressão e levar o prêmio principal de R$108.700.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.