COMPARTILHAR
Bruno Desimoni
Bruno Desimoni

Os brasileiros seguem aproveitando os torneios diários da WSOP para forra. Chamados de Daily Deepstacks, eles atraem centenas de jogadores todos os dias, mas não premiam o campeão com um bracelete. Dessa vez, foi Bruno Desimoni quem chegou em Las Vegas com tudo e colocou o Brasil no lugar mais alto.

O jogador do Samba Team venceu o torneio de US$ 200 da quinta-feira (28), faturando US$ 12.601 por superar o field de 361 entradas. No heads-up, Desimoni superou o americano Alexandre Kogan, que levou US$ 7.789.

VEJA MAIS: Fedor Holz escolhe dupla de brasileiros entre palpites para o Main Event da WSOP

Nas redes sociais, o profissional comemorou: “Segundo dia de Vegas e tá lá, Event #241 $200 Deep Stack cravado! Que delícia que é cravar torneio!!! Começar Vegas freerollando a reta é sonho! Obrigado demais pelas quase 70 pessoas que me mandaram aquela energia positiva no dia da viagem pra cá! ? Bora buscar o bracelete agora! GO!”

Segundo o HendonMob, o brasileiro chega a cerca de US$ 270 mil em premiações de torneios ao vivo na carreira. A maior forra veio no fim do ano passado, com o segundo lugar na Final Milionária da WSOP Uruguai, que rendeu US$ 171.956. No entanto, o valor total real chega a US$ 400 mil, já que Bruno levou US$ 300 mil em Punta del Este após um acordo, não oficializado na base de torneios do HendonMob.

Esse é o quinto título brasileiros nos Daily Deepstacks de 2018. Antes de Desimoni, Vitor Grecco, José Carlos Brito, Leocir Carneiro e Gilberto Amaral já tinham terminado no topo. Os torneios são realizados diariamente, com buy-ins de US$ 150, US$ 200, US$ 250 e US$ 365.

A cobertura do SuperPoker na WSOP é patrocinada pelo Bodog e conta com o apoio do H2 Club e do BSOP. Clique aqui para abrir sua conta no Bodog

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.