COMPARTILHAR
Paulo Gini - BSOP Millions
Paulo Gini - BSOP Millions

Além dos R$ 12 milhões garantidos em mais de 40 eventos que serão realizados no BSOP Millions, outra disputa que irá agitar a última etapa do maior circuito de poker do hemisfério sul é a do ranking geral. Saulo Sabioni lidera a classificação com 3.077 pontos e Paulo Gini é o principal adversário tendo 2.525 tentos.

Apesar da ampla vantagem, as últimas edições do BSOP Millions foram marcadas por grandes reviravoltas no ranking. Desde 2015, o jogador que inicia a etapa decisiva na liderança da classificação não consegue se consagrar campeão brasileiro.

VEJA MAIS: [AO VIVO] – Desafio das Estrelas – BSOP Millions 

Além da honra de conquistar o título de um dos principais circuitos de poker do mundo, o campeão brasileiro ainda receberá mais de R$ 300 mil reais em prêmios. Dentre as recompensas, está o cobiçado Platinum Pass, que levará o jogador as Bahamas para disputar o PokerStars Players Championship, competição com US$ 8 milhões adicionados a premiação e US$ 1 milhão agregado a premiação do grande campeão.

Em entrevista ao SuperPoker, Paulo Gini falou da disputa do ranking, das dificuldades para conquistar o título, a estratégia que irá adotar e o grande objetivo nesse BSOP Millions. Confira:

Nas últimas temporadas, o BSOP Millions foi marcado por reviravoltas na disputa do ranking, isso o motivo para brigar pelo título de campeão brasileiro de poker?

Na verdade, isso é apenas uma estatística. Eu tenho que fazer a minha parte e mesmo assim ainda é muito difícil, vou fazer o meu máximo. Tudo pode acontecer e espero que dê certo.

Paulo Gini - BSOP Millions
Paulo Gini – BSOP Millions

Como será o seu cronograma na competição? Sua estratégia será fazer multitable?

Vou jogar tudo (risos). Não vou ter nenhum break, muito menos o dinner break, vou aproveitar esse tempo para jogar os turbos e os eventos de Omaha, que não tem ante. Dobrar nesses momentos nesses torneios é crucial para deixar e ir para as outras disputas. Eu ainda não cheguei na conclusão se é melhor ou não fazer multitable, minha estratégia é essa e nos últimos anos, todos que disputaram o ranking fizeram a mesma coisa. Hoje, acabei cometendo alguns erros por fazer, de ficar ansioso para voltar para outra competição, pode me custar caro, mas eu não sei o que é melhor, mas eu adoto essa linha.

No ano passado, os jogadores que disputaram o ranking tiveram um clima muito bacana apesar da disputa, como está sendo 2018?

Eu achei que era muito difícil ter o mesmo clima do ano passado, mas está sensacional. O Saulo [Sabioni], [Ricardo] Nakamura e o Caio [Hey], que somos os quatro primeiros, junto com o Felipe [Morais] e o [Marcelo] Mesqueu brincamos um com o outro, nos falamos sempre nas etapas e entre elas também. Faz quatro etapas que existe um grupo entre nós e estamos conversando direto.

Qual é a chance dessa disputa fugir dos três primeiros colocados?

O Caio Hey está em quarto lugar, mas praticamente empatado com o Nakamura. Eu acho muito difícil aparecer alguém, pois o Saulo está com uma grande vantagem, não basta só o jogador ter uma excelente etapa, o líder também precisa ir mal. Não são só 700 pontos, são eles, mas a pontuação que ele fará na etapa, o que acaba deixando a situação bem complicada para os demais.

Paulo Gini e Saulo Sabino no BSOP Millions
Paulo Gini e Saulo Sabino no BSOP Millions

No ano passado, você conseguiu a incrível marca de quinze premiações no Millions. A experiência e a excelente performance em 2017 também é um fator para buscar o título?

É o terceiro ano que eu faço a estratégia de multitable no Millions. Em 2016, eu fiz uma aposta para terminar top 10, sendo que estava em 25º, acabei fazendo mais de mil pontos e o ano passado consegui repetir o feito. Se eu voltar a fazer a mesma pontuação, dificilmente perco o segundo lugar.

Caso o Saulo seja o campeão brasileiro de poker, o Platinum Pass iria para o segundo colocado, pois ele já possui. Esse seria o objetivo nessa disputa?

O meu primeiro objetivo é ficar em segundo atrás do Saulo por isso, eu quero ganhar o Platinum Pass, além das premiações que são muito boas. A minha outra torcida é para que o Caio e o Ricardo, que estão mais próximos na disputa, também ganhem esse pacote, pois ficaria mais tranquilo em relação a este prêmio(risos).

Com esse objetivo traçado, você também irá disputar os eventos que não contam pontos para o ranking, mas darão o Platinum Pass?

Com certeza! Será mais uma multi table que irei fazer. Serão três eventos paralelos que não somam pontos para o ranking, mas que dão o pacote, irei disputar todos e focado no Platinum Pass, mesmo sabendo que é muito difícil.

O SuperPoker realizará seis transmissões ao vivo no BSOP Millions. Fique ligado às datas para não perder a festa com a melhor equipe de transmissão do Brasil, formada por Vitão, Vini Marques, Fábio “Deu Zebra” Monteiro e Gabriel Otranto.

Confira as próximas transmissões:

29/11 – 14h – Super High Rollers – Dia 2
30/11 – 14h – Super High Rollers – Dia Final
01/12 – 18h – Desafio dos Youtubers
05/12 – 14h – Main Event – Dia 4
06/12 – 14h – Main Event – Dia Final

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.