COMPARTILHAR
Denílson - Warm Up to Vegas
Denílson - Warm Up to Vegas

Uma das principais parcerias entre sites de poker e seus embaixadores no Brasil é a de Denílson com o 888poker. A primeira participação do pentacampeão mundial em um evento do site aconteceu há mais de dois anos, em um torneio jogado no estádio do Mineirão.

Desde então, o ex-jogador de futebol vem demonstrando seu amor pelo poker, participando de diversos eventos e também home games. No ano passado, inclusive, ele foi a Las Vegas para participar da WSOP, experiência que só aumentou sua paixão pelo jogo.

Assim, é claro que ele não deixaria de prestigiar o Warm Up to Vegas, torneio do 888poker em São Paulo que irá premiar os três primeiros colocados com pacotes para a WSOP 2018. O grande campeão participará do Main Event, enquanto os outros dois premiados jogarão o Crazy Eights.

Com a simpatia de sempre, o craque dos gramados deu entrevista ao SuperPoker falando sobre o evento e, é claro, dando seu palpite sobre a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da FIFA.

VEJA MAIS: Mikita Badziakouski lidera mesa final de craques no Super High Roller Bowl; confira o chip count

Mais de dois anos após sua estreia, no Mineirão, você segue firme no poker. O jogo realmente te pegou?

O poker não me pegou literalmente só por causa do tempo que eu tenho. Eu tenho o trabalho fixo na Band, então me impede um pouco de viajar, sair de São Paulo para jogar torneios em outros lugares, porque a logística não bate. Mas se não fosse esse trabalho fixo, provavelmente eu apareceria com mais frequência. Por exemplo, o Rodrigão, sempre que eu vou nos torneios encontro ele, então se eu tivesse mais tempo livre estaria mais focado no poker.

Denílson - Ducati High Roller
Denílson – Ducati High Roller

Para esportistas de alto nível, o poker é uma boa forma de voltar a sentir aquela adrenalina da disputa?

Essa adrenalina e emoção eu senti em Vegas, quando fui pela primeira vez. Eu já tinha jogado alguns torneios aqui em São Paulo, mas nada se compara ao que acontece em Vegas. Acho que a maior parte dos caras que estão aqui jogou lá, então devem entender o que eu estou falando, ainda mais eles que jogam com mais intensidade. Esse barulhinho das fichas que mexe com a nossa cabeça, lá é gritante, mas gostoso de ouvir. Foi uma experiência bem legal, que me fez também querer continuar tendo esse link com o 888poker, para ter justamente essa adrenalina, o friozinho na barriga, isso eu senti em Vegas.

Além desta bela estrutura, o Warm Up to Vegas dará três pacotes para a WSOP. É realmente imperdível?

É só você ver o número de pessoas, deve ter umas 120 pessoas jogando aqui, pensando lá na frente, ninguém vem jogar à toa, se não tem uma boa premiação. E lá em Vegas o coração bate mais forte, e os profissionais tenho certeza que o grande objetivo é se destacar em um torneio desses. Quando comecei a jogar, me falaram que Vegas era a Copa do Mundo para um jogador de futebol e foi o que eu presenciei lá, não só a questão do ambiente, mas a questão de sentar na mesa, com jogadores de várias nacionalidades diferentes e tudo mais.

Saindo um pouco do poker, qual sua expectativa para o Brasil na Copa do Mundo?

O Brasil chega bem, né? Ao mesmo tempo, não pode também ter muita autoconfiança, isso pode ser traiçoeiro para os jogadores. O Tite conseguiu reverter uma situação dramática, cruel, a Seleção estava bem distante do jogador, da imprensa, de forma geral, e o Tite conseguiu resgatar essa vontade do torcedor de ver um jogo da Seleção. Eu tenho experiência de duas copas do mundo, então sei que, assim que o avião aterrisar na Rússia, não dá mais tempo de nada. São sete jogos, se o Brasil for até o final, então não tem o que aperfeiçoar de treinamento, condicionamento físico, é um tiro curto, então quem estiver bem, principalmente psicologicamente, vai fazer a diferença.

Abra sua conta no 888poker clicando aqui.