COMPARTILHAR

O sábado no 888live contou com o torneio da modalidade que mais cresceu em popularidade nos últimos anos, o Pot-Limit Omaha

Com um buy-in de R$200, o evento atraiu 126 jogadores, dos quais 13 ficaram ITM (in the money). Quando a mesa final foi formada, o Dia 1C do Main Event já tinha acabado, o que concentrou os presentes em torno da decisão. 

Entre os finalistas, dois jogadores regulares: Emerson Baroni e Fábio Issa, campeão mineiro de poker no ano passado. A maior experiência dos dois era clara, enquanto a mesa rolava repleta de falinhas e até um clima um pouco mais acalorado, ambos mantiveram a postura séria e educada, focando em fazer o jogo rolar.

No fim foi Baroni quem se deu melhor. A postura e, logicamente, a grande habilidade no jogo o ajudaram a sair do Mineirão com o troféu de campeão e R$5.070 a mais na conta. 

No heads up, ele bateu Carlos César Rocha, quando seu KJ65 superou o Q685 do adversário no board 974K4. Carlos ficou com o segundo prêmio de R$3.430.

Um dos jogadores mais experientes no field, ele afirmou que a vitória veio sem estratégias mirabolantes. "Senti no decorrer do torneio que os jogadores eram medianos, não tinha nenhum profissional. Então foi tranquilo, só jogar as mãos certas, explorar os spots corretos e consegui aí a vitória".

Baroni foi mais um a tecer grandes elogios à estrutura montada pelo 888poker no Lounge VIP. "Eu jogo poker há 10 anos e já vi inúmeras coisas, mas jogar dentro do Mineirão, estádio da Copa do Mundo, é fora do comum".

Confira a classificação final

1 – Emerson Baroni – R$5.070

2 – Carlos César Rocha – R$3.430

3 – Christian Martins – R$2.680

4 – Cláudio Carneiro Jardim Jr. – R$2100

5 – Clever Andrade – R$1610

6 – Fábio Issa – R$1.210

7 – Allan Jorge Silva – R$930

8 – Guilherme Machado – R730

9 – Henrique F. Vasconcelos – R$600

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.