COMPARTILHAR

O jovem norte-americano Steven Wolansky finalmente conseguiu colocar um bracelete da WSOP (World Series of Poker) em seu pulso no final da tarde desta quarta-feira (18). Isso porque, no ano passado, teve que engolir a derrota em um heads up em que estava praticamente 30 a 1 em fichas contra o oponente em um 8-game Mix.

Desta vez, Wolansky enfrentou um field de 241 jogadores que disputaram uma premiação total de US$ 325.350. Com o primeiro lugar, além do seu primeiro bracelete, ele levou US$ 89.483. Em entrevista ao canal ESPN, ele contou como foi ficar um ano com a derrota engasgada.

– Eu não conseguia dormir depois que aquilo aconteceu, estando tão perto. Eu voltava e olhava na gravação da cobertura e me via com 2,8 milhões de fichas e ele com 100 mil. E eu ainda penso "como eu não ganhei aquela?". Isso (o bracelete) definitivamente melhorou o que eu estava sentindo.

Desta vez, o jovem agarrou a vitória rapidamente e não largou mais. Logo depois da volta do primeiro intervalo do último dia, ele eliminou Max Kruse – jogador de futebol alemão que bolhou a escalação para a Copa do Mundo e resolveu jogar a World Series em seu tempo livre. Meia hora depois, foi a vez de Joseph Cheong cair diante dele.

Ao todo, 28 jogadores foram premiados no Evento #36 – entre eles, estava Phil Hellmuth. Veja os mais bem colocados:

1º – Steven Wolansky – US$ 89.483

2º – Joseph Cheong – US$ 55.309

3º – Max Kruse – US$ 36.494

4º – Chris Mecklin – US$ 24.908

5º – Orjan Skommo – US$ 17.445

6º – Samuel Touil – US$ 12.529

7º – Scott Bohlman – US$ 9.223