COMPARTILHAR
Letreiro placa WSOP
Letreiro placa WSOP

Um jornalista russo foi responsável por “consertar” a história do poker mundial no caso do Jogador do Ano da WSOP 2019. Afinal, a própria organização já havia reconhecido Daniel Negreanu como campeão, e o canadense inclusive produziu um vlog de comemoração da conquista.

Ou seja, não fosse o olhar apurado de Alex Elenskiy, do site GipsyTeam, talvez o erro nunca fosse corrigido. A chance era real de que Robert Campbell vivesse em uma frustração injusta, enquanto Negreanu celebraria. O mais curioso: o problema foi detectado já em julho, meses antes da WSOP Europa.

Elenskiy trabalhou na cobertura da WSOP, em Las Vegas, e seu site organizou uma disputa “fantasy” sobre o ranking Jogador do Ano. Similar ao que acontece no futebol, os participantes montam seus “times” e pontuam segundo o desempenho dos jogadores escolhidos.

VEJA MAIS: Daniel Negreanu se defende de acusações após confusão do Jogador do Ano da WSOP

Após o fim dos eventos em Las Vegas, ao analisar os números para escrever um artigo final sobre o fantasy, o russo percebeu a discrepância. No fórum 2+2, ele traduziu um trecho da matéria, falando sobre a exata confusão do caso. O texto foi publicado no dia 20 de julho, há quase quatro meses.

“Existem imprecisões no ranking da WSOP, e na nossa página os resultados de momento não são os reais”, diz o artigo. “O mais problemático foi o evento #68. No protocolo do site oficial, os lugares do 32º ao 47º foram tirados do torneio #87 ($3.000 HORSE). Pontos extras foram recebidos por Ismael Bojang, Daniel Negreanu e Brandon Shack-Harris. Ben Yu, pelo contrário, perdeu pontos no torneio.”

Aparentemente, ninguém da própria organização analisou as pontuações com tanta atenção quanto o russo. Apenas quando o próprio Elenskiy se lembrou da situação, o problema veio a público. “Isso foi em julho, e na época eu achei que era apenas um erro temporário, que consertariam nos próximos dias. Esqueci completamente disso”, escreveu o jornalista. “Hoje [8/11], eu me lembrei da história e fui checar se estava consertado. Não estava”.

Mesmo que a disputa de Jogador do Ano não envolva premiações em dinheiro, a confusão causou constrangimentos e ficará marcada na história da série. Afinal, não fosse uma brincadeira entre russos e a atenção de um jornalista, tudo indica que o erro passaria despercebido.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.