COMPARTILHAR
Victor Oliveira campeão do On Fire do NPS Grand Final
Victor Oliveira campeão do On Fire do NPS Grand Final

A organização do Nordeste Poker Series criou o torneio On Fire com um intuito: ser uma excelente porta de entrada para o circuito. A competição tem um buy-in muito acessível, de R$ 250, e a gigantesca premiação garantida de R$ 50 mil, para a última etapa ela é elevada para R$ 70 mil.

Vendo essa incrível oportunidade e aproveitando que o Grand Final é realizado em sua cidade, Victor Oliveira fez a sua estreia no maior circuito do Nordeste. O resultado não podia ser melhor, o jogador superou as 466 entradas, o segundo maior fiel da história do torneio, conquistou o título e o prêmio de R$ 16.500, após um acordo no heads-up “Eu sinceramente não sei como é ainda, estou sentindo agora. Vou jogar mais torneios no NPS, mas não imaginei que logo no primeiro tiro iria dar tão certo, é sonho”, falou ainda incrédulo.

VEJA MAIS: Adversário acerta dois outs no river e elimina Carlos Porto na mesa final do On Fire do NPS Grand Final

Para alcançar o primeiro título, o fortalezense não teve vida fácil. Apesar da mesa final ser reduzida para apenas três jogadores em uma hora de decisão, os adversários no 3-handed eram Alen Filipi e Madson Moura, dois dos melhores jogadores do circuito, e Victor ainda era o short stack na reta final. “Eu sabia que seria o alvo dos dois por causa do tamanho do meu stack, joguei poucas mãos propositalmente e consegui passar um grande blefe no Alen. A partir dali, o jogo fluiu. Consegui observar melhor os meus adversários e fui adaptando meu jogo a eles”, explicou a estratégia o campeão.

Alen, que assumiu a liderança do ranking geral após resultado, iniciou com mais da metade das fichas, mas devido ao elevado nível técnico dos finalistas, começou uma impressionante alternância na liderança. Todos os jogadores em algum momento desta fase do torneio chegaram a ser chip leader e short stack da reta final.

Pódio do On Fire do NPS Grand Final
Pódio do On Fire do NPS Grand Final

Após duas horas de disputa, o alagoano deixou o torneio. Além do prêmio de R$ 7.250, Alen somou 450 pontos e chegou aos 5.600 pontos e reassumiu a primeira colocação do ranking do Nordeste Poker Series, deixando Guilherme Chenaud com 5.280.

O confronto final iniciou com os jogadores praticamente empatados e com isso ambos fizeram um acordo. Apesar de praticamente igualarem os prêmios, os finalistas buscavam a glória de vencer o grandioso field do torneio. A disputa se estendeu por mais uma hora, até Victor conseguir superar Madson. Com o segundo lugar, o potiguar recebeu o prêmio de R$ 14.000. “Não podia deixar de agradecer uma pessoa em especial, que me ensinou tudo no poker, mas a gente está um pouco afastado agora, que é o Vinicius Kinceler”, lembrou em tom emocionado o campeão.

Confira a classificação da mesa final:

1º – Victor Oliveira – R$ 16.500*

2º – Madson Moura – R$ 14.000*

3º – Alen Filipi – R$ 7.250

4º – Júnior Bill – R$ 5.400

5º – Felipe Gondim – R$ 4.300

6º – Carlos Porto – R$ 3.340

7º – Aryan Ouriques – R$ 2.500

8º – Rodrigo Arruda – R$ 1.800

O Nordeste Poker Series tem o patrocínio do Brasil Poker Live, braço brasileiro da Rede Aconcagua Poker. Envie email para [email protected] para criar sua conta.

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.