COMPARTILHAR
Gabriel Bonfim - Campeão 6 Handed - BSOP Iguazu
Gabriel Bonfim - Campeão 6 Handed - BSOP Iguazu

No BSOP Millions do ano passado, Gabriel Bonfim ficou emocionado ao vencer o 6-Handed e levar seu primeiro troféu da série. Agora no BSOP Iguazu, ele não só terminou novamente no topo, como foi campeão exatamente do mesmo torneio, se tornando bicampeão. Por superar o field de 150 entradas, ele levou US$ 16.000.

“Eu não sei nem o que dizer, eu me preparei muito para chegar nesse momento e conseguir jogar meu melhor”, comemorou o jogador de Jaguaquara (BA). “Eu não acreditava que ia chegar de novo, mas foi fluindo e quando chegou na semi-FT eu tive um churrilho, consegui fazer bastante ficha. Na FT eu costumo me dar bem, o pessoal brinca que quando eu chego, eu cravo.”

VEJA MAIS: Jeferson Zaminhan supera Ingracia Oliveira no HU e vence High Roller do BSOP Iguazu

Passando por uma reta final com nomes como André Busato, vice-campeão, o chileno Ricardo Chauriye, Leandro Prinz e Ramon Sfalsin, Gabriel destacou o nível do field e elogiou o formato. “Eu gosto muito desse tipo de torneio, é a estrutura que eu gosto, depois que você consegue fazer um stack dá para jogar bem legal. É um torneio bem técnico, você olha na reta e só tem regulares bons.”

Finalistas 6 Handed - BSOP Iguazu
Finalistas 6 Handed – BSOP Iguazu

Levar mais de R$ 50 mil para casa não tem como ser ruim, mas a sensação de colocar mais um troféu da série na prateleira é o que mais motiva o jogador. “Eu me sinto no meu melhor momento. Não posso também me cegar no jogo, sei que não sou tão bom assim, estou procurando meu espaço no cenário nacional, mas sempre sonhei com isso aqui, a vida inteira. É muito importante para mim o troféu, mais importante do que o dinheiro hoje, isso para mim é a realização de um sonho”.

O título foi dedicado ao “time” de Gabriel. Não um time de jogadores de poker, mas o que ele possui em casa, com a esposa Laíza, as filhas, Liz e Lara, e o filho Lucca, que está por vir. “Eu trabalho num grupo com a minha família. Eu brinco que a Lara é minha psicológa, a Liz é a que me distrai, me dá uma tranquilidade, e minha esposa Laíza é o equilíbrio, que me faz manter a calma nos momentos difíceis de jogo.”

Mesa Final 6-Handed - BSOP Iguazu
Mesa Final 6-Handed – BSOP Iguazu

Confira a classificacão final

1 – Gabriel Bonfim – US$ 16.000
2 – André Busato – US$ 11.030
3 – Nicolas Pernigotti (Argentina) – US$ 8.320
4 – Ricardo Chauriye (Chile) – US$ 6.300
5 – Leandro Prinz – US$ 4.800
6 – Ramon Sfalsin – US$ 3.750
7 – Martin Lallana (Argentina) – US$ 2.850
8 – Francisco Belaustegui (Argentina) – US$ 2.180

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.