COMPARTILHAR
Gabriel Bonfim - Campeão 6-Handed - BSOP Millions
Gabriel Bonfim - Campeão 6-Handed - BSOP Millions

O grito de comemoração ao fim do torneio deixou clara a grande alegria de Gabriel Bonfim ao vencer o complicado 6-Handed do BSOP Millions. Superando um field de 361 entradas, o jogador de Jaguaquara (BA) ficou com o título e o prêmio de R$ 122.290, definido em acordo no heads-up, além de conquistar seu primeiro troféu no Campeonato Brasileiro de Poker.

“Meu deus do céu, não sei nem o que dizer”, disse um emocionado campeão. “Estou tendo um ano incrível, cravei torneios em três circuitos e tinha que fechar o ano com chave de ouro aqui no BSOP Millions. Joguei tudo aqui, vim focado mesmo em busca de um resultado bom e não estava dando certo e tal, mas no último torneio da grade deu bom.”

VEJA MAIS: Leocir Carneiro é o grande campeão do Main Event do BSOP Millions: “não tenho palavras”

Em 2013, ainda começando no poker, Bonfim fez mesa final neste mesmo evento na etapa de Rio Quente, mas ficou com um frustrante quarto lugar que o perseguiu até hoje. “Primeira mesa final que fiz, não sabia pra que lado corria o baralho (risos)”, contou. “Fui pra mesa final do 6-Max, cheguei chip leader e caí na bolha do troféu. De 2013 pra cá, minha vida é um tormento porque não tinha um troféu para mim, então para mim é uma felicidade imensa.”

Bruno Severino, Gabriel Bonfim e Luiz Carlos dos Santos - Campeão 6-Handed - BSOP Millions
Bruno Severino, Gabriel Bonfim e Luiz Carlos dos Santos – Campeão 6-Handed – BSOP Millions

O baiano começou o heads-up com um stack bem menor que o de Bruno Severino, o “bubbleboybr” do online, e admite que chegou a considerar que não conseguiria sair com o título. Na mão final, Bruno tinha QJ e Bonfim Q9 em all in pré-flop. O vice ficou ainda mais à frente no flop J84, mas o campeão acertou um T no turn para completar a sequência.

“Cheguei em desvantagem e confesso que achei que não era para mim, era pra ele, mas eu consegui me adaptar ao jogo dele, algumas jogadas dele facilitaram eu identificar o que ele estava fazendo”, explicou. “Todos os all ins pré-flop também eu ganhei, segurou e tal, então era meu dia, porque em técnica ele está na minha frente.”

Com diversas conquistas durante o ano, ele afirmou que a vitória no Millions é diferenciada e se programou para aumentar o grind no ano que vem. “Eu nunca imaginei que ia acontecer um negócio desses, cravar um torneio no Millions”, contou. “Me dá mais confiança para continuar minha carreira, jogar mais torneios, ano passado fiz mesa final do Main Event do BSOP, então esse ano não tenho nem o que falar, é um sonho mesmo, estou feliz demais pelo resultado.”

Confira a classificação final

1 – Gabriel Bonfim – R$ 122.290
2 – Bruno Severino – R$ 100.570
3 – Luiz Carlos dos Santos – R$ 66.340
4 – Renan Mesqueu – R$ 48.880
5 – Marcos Tiago – R$ 36.310
6 – Thiago Tsukamoto – R$ 27.240

Abra a sua conta no maior site de poker do mundo clicando aqui.

 

DÊ CALL NO SUPERPOKER!

Turbine seu jogo, receba conteúdos exclusivos,
análise de mãos, chamadas para aulas ao vivo e promoções gratuitas.

Concordo com os termos de uso e privacidade do SuperPoker, que declara não repassar os dados a outras empresas.